Morreu aos 58 anos na manhã desta segunda-feira (25), em Lavras, padre Claudio Romero Vaneli. O sacerdote estava internado no Hospital Municipal de Lavras e tratava a dois meses de um câncer no pâncreas. Ele esteve internado no Hospital Humanitas em Varginha e foi em Lavras passar por exames, mas não resistiu e morreu.

Padre Cláudio estava há três anos trabalhando em Elói Mendes, na Paróquia Cristo Bom Pastor, no bairro Nossa Senhora Aparecida, onde atuava como Administrador Paroquial e era muito querido pela comunidade. Ele ficou conhecido na cidade por celebrar o ritual da queima das cruzes na Sexta-feira da Paixão.

O corpo dele está sendo velado em Elói Mendes, onde milhares de pessoas foram se despedir do religioso. A noite foi celebrada uma missa em sua homenagem. O corpo a meia noite será transladado para Três Pontas. O velório acontecerá na Matriz Nossa Senhora D’Ajuda e o sepultamento no Cemitério Municipal nesta terça-feira (26).

Padre Cláudio nasceu em Monsenhor Paulo, mas cresceu em Santana da Vargem e estudou em Três Pontas. Antes de ingressar no Seminário de Filosofia em Três Corações em 1977, trabalhou na roça, foi oleiro na fabricação de tijolos, servente de pedreiro e balconista de um bar.

Quando terminou o ginasial, morando em Santana com muitas dificuldades, foi cursar o curso de Técnico em Contabilidade, em Três Pontas e dependia de carona para ir e vir. Quando não conseguia tinha que voltar para casa, em Santana da Vargem a pé.  Trabalhou em Três Pontas como auxiliar de limpeza no Clube Trespontano, depois foi para o comércio, foi balconista em um bar na Rodoviária e depois em um escritório de contabilidade. Foi participar de um grupo de jovens e na Comunidade Magnificat de Padre Pepê, fez algumas jornadas e experiências que o levaram a ser apresentado como candidato ao sacerdócio, no Seminário de Filosofia, em Três Corações. Foi para o Convento dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, onde cursou Teologia de 1980 a 1984.

Ordenou-se diácono em julho de 1983, na cidade de Monteiro Lobato (SP), na Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso, pelo Bispo Dom Eusébio Oscar Sheid. Em janeiro de 1984, foi ordenado sacerdote em Santana da Vargem, pelo saudoso Dom Luciano Mendes de Almeida.

Quando ordenado, trabalhou por 10 meses na Paróquia Divino Espírito Santo em Elói Mendes. Já passou por Cristina, Guapé, Campo do Meio, Coqueiral e Lambari. Retornou para Elói Mendes onde estava a três anos.

COMPARTILHAR

Comentários