Criada há alguns anos, a Romaria dos cavaleiros e amazonas se tornou fundamental na programação oficial da festa em comemoração ao aniversário de morte do Beato Padre Victor, em Três Pontas.

Há alguns anos, eles participavam da procissão da penitência junto a multidão que vai todos os anos de madrugada para a Capela do Padre Victor, na Comunidade da Faxina, zona rural de Três Pontas. Depois de problemas registrados no trajeto, como de animais atropelando pessoas, surgiu a romaria dos cavaleiros, que faz o mesmo percurso exclusivamente à eles e termina com a celebração da santa missa.

Assista a reportagem em vídeo

Neste domingo (17), eles montaram em seus animais e rumaram com a igreja, onde Padre Victor parava para fazer suas orações, durante o tempo em que se dedicou aos trespontanos. Após as orientações de líderes do evento e a benção com aspersão de água benta dada pelo pároco padre André Rodrigues Vilas Boas, eles começaram a cavalgada que saiu pela Rua Cônego José Maria, pegou a Avenida Ipiranga e chegou na estrada que liga Três Pontas a Nepomuceno. Chegaram as 8:45 na Capela de Padre Victor, onde já estava tudo pronto para a celebração eucarística. Eles rezaram, agradeceram por mais uma caminhada e retornaram com a expectativa de que todos estejam bem para voltar o ano que vem. A sugestão é que no próximo ano, a romaria saia mais tarde, as 8:00 da manhã, para facilitar para quem precisa preparar seu animal para a peregrinação.

COMPARTILHAR

Comentários