É na terra de Milton Nascimento e Wagner Tiso que acontece a penúltima etapa classificatória do 46° Festival Nacional da Canção, onde mais 20 músicas serão apresentadas. Elas concorrem a cinco vagas nas semifinais em Boa Esperança nos dias 02 e 03 de setembro e já garantem pelo menos R$ 2.500,00 em prêmios. As apresentações acontecem em Três Pontas na sexta (19) e sábado (20), na Praça da Matriz a partir das 21 horas.

Dos diversos trespontanos inscritos, cinco canções passaram pela primeira fase de seleção, e terão a oportunidade de se apresentar na sua terra natal.

A primeira delas é Santas da Camarinha, composição de Mauro Marques e Vivian Peloso e interpretada por Vivian Peloso, Mauro Marques, Lucio Gomes, Marly Tiso, Alex Tiso e Iza Morais. A apresentação dela está agendada para a sexta-feira. No mesmo dia também está o músico Sid Rodrigues com a canção Amor de Lua, de sua própria autoria.

No sábado será a vez do Grupo Morena apresentar a canção Conselho de Vó, do compositor Mauro Marques, e também da música Você é Melhor Que Isso, composta por P.H Lara e interpretada pelo cantor Adriano Kamy.

E a disputa não está nada fácil para os músicos. Este ano compositores de 24 estados brasileiros se inscreveram no maior festival do gênero no país e foram mais de duas mil músicas do mais alto nível. A última etapa classificatória acontece em Guapé nos dias 26 e 27/8. De todas as cinco cidades onde acontecem a fase de classificação saem 25 semifinalistas que disputarão vagas na grande final (4/9) na qual os participantes garantem no mínimo R$3.500,00.

No total, o 46º Fenac, que é apoiado pela lei estadual de incentivo à cultura, vai distribuir R$ 193.000,00 e entregará o troféu Lamartine Babo ao grande vencedor. O evento é gratuito.

Cultura na rua

Simultaneamente ao Festival Nacional da Canção, acontecerá durante o dia, na Praça da Matriz, em  Três Pontas, o Festival Nacional da Cultura que está completando 7 anos de trajetória.  O evento tem o apoio da lei estadual e federal de incentivo à cultura. O público vai acompanhar o que há de melhor na música clássica, instrumental, teatro e dança. O evento encanta por ser uma opção cultural diferenciada, raramente oferecida para a população desses municípios. O evento também é gratuito.

fenac tabelaVeja a lista de quem se apresenta em Três Pontas

Apresentações de sexta-feira – 21 horas

Farol – Carlos Gomes compositor e interprete de São Paulo (SP)

Santas da Camarinha Interpretada por Vivian Peloso, Mauro Marques, Lucio Gomes, Marly Tiso, Alex Tiso e Isa Morais. A composição é de Vivian Peloso e Mauro Marques de Três Pontas.

Bosconeana – Intérprete e composição de Álvaro Cueva de Moraes de São Paulo (SP).

Amor de Lua do trespontano Sid Rodrigues que é o compositor e vai interpretar

Hábito de Claudio Fraga, interpretado por ele mesmo que é de Belo Horizonte (MG)

Lara de Helen Lara que é a compositora e interprete e é de Goiânia (GO)

Último Sonho Xirú que será interpretada pelo Grupo Chão de Areia. A música é de Chico Saga que é de Tramandaí no Rio Grande do Sul (RS)

Calmaria de Leo Souza. Quem canta é ele mesmo que é de São Sebastião do Paraíso (MG)

Pé De Eu te Amo de Tavinho Limma de Ilha Solteira em São Paulo que compôs e interpreta

Camafeu a música é de Dimas Deptulski e será interpretada por Dimas Deptulski e Efrahim Maia que são de Colatina no Espírito Santo

Apresentações de sábado – 21 horas

Conselho de Vó será interpretada pelo Grupo Morena de Três Pontas e foi composta por Mauro Marques que é trespontano

Infinita Ausência de interpretada por Mauro Mesaque, composta por Dani Mercadante e Mauro Mesaque de Guarulhos (SP)

Runas Interpretada por Cinco Nós de Nano Vianna de Vitória no Espírito Santo (ES)

Braile música de Valéria Pisauro e Daniel Conti de Campinas e interpretada por Daniel Conti

Você é melhor que isso apresentada por Kamy composta por P.H. Lara que é de Três Pontas

O Retrato Falado do Sertão interpretada por Walter Lages e a música é de Carlos Aires/Walter Lages de Vitória da Conquista na Bahia (BA)

Prá Sempre de Neto Viana que é cantor e compositor, natural de Fortaleza no Ceará (CE)

Teia composta e interpretada por Dimas Deptulski e Efrahim Maia de Colatina no Espírito Santo (ES)

Tô Fora interpretada por Mayra Itaborahy a música de Edmundo Guedes e da própria Mayra Itaborahy

Nos Braços do Violeiro apresentada pelo Grupo Chão de Areia a canção que é de Mário Tressoldi, Chico Saga e Mário Simas de Tramandaí (RS)

COMPARTILHAR

Comentários