[php snippet=2]

 

Um café oferecido na manhã desta terça-feira (08), no Auditório Moacyr Pieve Miranda, da Associação Comercial e Agro Industrial de Três Pontas (ACAI-TP) serviu para a apresentação do Empretec. Metodologia e Organização das Nações Unidas (ONU) voltada para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e para a identificação de novas oportunidades de negócios, promovido em cerca de 34 países. Aqui no Brasil, o Empretec é realizado exclusivamente pelo Sebrae e já capacitou cerca de 190 mil pessoas, em 8.400 turmas distribuídas pelos 27 estados. Todo ano, o Empretec capacita em torno de 10 mil participantes.

20140408_091357-001O analista técnico do Sebrae e responsável pela microrregião de Varginha, Luiz Carlos Caldeira Júnior, explicou que o método adotado é diferente dos outros que são técnicos, aflorando as características empreendedoras, com risco calculado, persistência e outras. Ele tenta moldar empresários na questão através de pesquisas que foram realizadas. O convite feito foi para participar das etapas de inscrição e entrevistas para verificar se estão aptos a participar do seminário.

“O que passamos as pessoas levam para a sua vida pessoal, mas principalmente para a vida profissional”, afirmou o analista. Na entrevista também é identificado se aquele é o momento mais adequado para participar do seminário ou não. Porém, segundo ele, não participar daquele momento não significa falta de capacidade ou que o empresário não possa fazer em outra oportunidade.

Em Três Pontas, o Empretec será realizado em agosto, mas as inscrições devem ser feitas até meados de julho na própria Associação Comercial. É preciso já na ficha cadastral o mínimo de 50 pontos. Ele não revela o conteúdo do questionário mas ele vale 100 pontos. A partir daí, o candidato é chamado para uma entrevista no início de agosto, com duração de cerca de 50 minutos. Só aí, é que ele vai saber se vai ou não participar do seminário durante 8 horas diárias em 6 dias de duração.

Um detalhe interessante é que não é preciso ser empresário, um empregado empreendedor, que tem o perfil de liderança pode participar do processo, verificando a possibilidade de participar do seminário.

O presidente da ACAI Michel Renan Simão Castro, já passou por esta experiência  e está extremamente feliz em poder proporcionar novamente este método revolucionário com um grande parceiro, o Sebrae. Por isto, ele chama a todos para não perderem a oportunidade.

“O Empretec é uma prova de fogo, pois expõe o empresário a diversos desafios e práticas necessárias para ser um empresário de sucesso. Vai estar fazendo o curso que tem aptidão, pois há muitas dinâmicas e trabalhos em grupo, que exige metas e objetivos”, destacou Michel Renan. Ainda segundo ele, o curso é de grande amplitude e traz capacitação infinita. “O Empretec mudou muito a minha vida e meu pensamento”, terminou.

Vão estar disponível para Três Pontas 30 vagas e há uma cortesia que o Sebrae que está oferecendo aos associados da ACAI. Será feito um sorteio e um dos participantes terá o curso gratuitamente. O curso é de seis dias e custa R$1,3 mil. Durante este período, as pessoas ficam confinadas. O local ainda não foi definido, já que é necessária uma grande estrutura.

[php snippet=4]

COMPARTILHAR

Comentários