Atualizada as 12:50

Um bandido morreu durante uma troca de tiros com a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (11), no bairro Padre Vitor em Três Pontas.

A PM recebeu denúncias de um carro Jetta placas de Contagem, suspeito circulando pelo bairro. Quando as guarnições foram fazer a abordagem, na Rua Porto Alegre esquina com Espirito Santo, um deles que estava no banco traseiro desceu atirando, o motorista deu ré, atingiu uma viatura e os policiais revidaram.

Marciel Vitor Coelho de 25 anos “Branquinho” (a direita da foto abaixo) que estava de passageiro no banco da frente foi atingido com dois tiros, um na cabeça e o outro no peito, não resistiu e morreu na hora. Com ele a polícia encontrou um revólver calibre 38 e do lado de fora do carro uma touca ninja.

O outro é Wellington Rodrigues Freitas Moreira (esquerda) também de 25 anos, que conduzia o carro, levou um tiro de raspão na cabeça e foi socorrido pelo SAMU para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) em estado grave. O terceiro conseguiu fugir e está armado. A identidade dele ainda não foi divulgada. Eles são de Boa Esperança, possuem extensa ficha criminal e pertencem a quadrilha de Ramonzinho e atuam nos crimes de roubos e assaltos na zona rural e inclusive sequestro a gerente de bancos.

Pelo menos 10 disparos foram efetuados. Um deles atingiu um carro que estava estacionado. Na viatura da PM, a bala atravessou a lataria e outros pegaram na parede de residência que ficam na via. Foram encontradas pelo menos 10 cápsulas deflagradas de balas espalhadas pelo chão. Nenhum policial ficou ferido na ação.

Guarnições da PM e da Polícia Civil da região ajudam na busca inclusive com apoio de Canil de Varginha, da Rocca e da Polícia Militar Rodoviária Estadual. A policia ainda não informou se o carro é produto de furto ou roubo.

A Perícia da Polícia Civil liberou o corpo do criminoso para o serviço funerário. Muitas pessoas acompanharam o trabalho da polícia e se aglomeraram no local que precisou ser isolado.

Carro bateu em uma casa na Rua Porto Alegre
E ficou com a parte da frente destruída
Roupa que eles carregavam, entre elas uma touca ninja
Quando o corpo do criminoso foi retirado de dentro do carro
Arma encontrada com o bandido que morreu, um revólver calibre 38
Sinal do disparo feito pelos bandidos

Acompanhe nossas reportagens em vídeo 

Comandante da PM de Três Pontas, Tenente Bruno Neves explica detalhes do caso, que evitou atuação do trio na cidade

COMPARTILHAR

Comentários