Carro que teria sido usado pelos criminosos no assalto ao escritório do posto

 

Bandidos armados assaltaram um posto de combustíveis na cidade de Santana da Vargem e levaram R$187.981,13 no início da tarde desta segunda-feira (19). Os criminosos estão cada vez mais audaciosos, não se importam com o horário e surpreendem cada vez mais com a forma de agirem.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens chegaram ao posto e foram até o escritório dizendo que um parente deles havia repassado uma nota falsa no estabelecimento, sendo que eles queriam fazer a troca e corrigir o erro do suposto familiar.

Em determinado momento, ambos sacaram as armas, anunciaram o assalto e obrigaram que os funcionários entregassem o dinheiro. Eles levaram no total R$187.981,13 entre cheque e dinheiro. Foram R$14,7 mil somente em dinheiro e dois aparelhos celulares de um funcionário.

A Polícia Militar foi chamada e montou um cerco em todas as cidades da região. Mais tarde, a PM recebeu uma denúncia de que a Parati utilizada pelos suspeitos teria sido abandonada em uma rua da cidade. Quando os militares consultaram a placa do automóvel era de Lavras, mas o chassi era de outro veículo, também uma Parati que tinha sido furtada em Oliveira, na região Centro Oeste do estado de Minas Gerais, em novembro do ano passado.

Não há pistas dos criminosos, mas existe a suspeita que sejam os mesmos que de manhã assaltaram um posto de combustíveis na cidade de Oliveira.

Lá, os dois suspeitos chegaram em um veículo, um deles desceu e foi até a entrada da tesouraria do estabelecimento. Armado com uma pistola anunciou o assalto e ameaçou o frentista de matá-lo, caso não entregasse o dinheiro. A dupla fugiu levando R$385. Da mesma forma que em Santana da Vargem, o veículo que eles chegaram no posto foi abandonado em uma rua do bairro. A placa pertencia a outro automóvel e as originais estavam dentro do veículo.

COMPARTILHAR

Comentários