EXCLUSIVO Quem estava para vigiar, guardar, proteger, acabou sendo o autor de um furto que chamou a atenção da Polícia Militar. Um rapaz de 26 anos, contratado pela empresa de segurança que trabalhava na Igreja Matriz Nossa Senhora d’Ajuda foi preso em flagrante depois que furtou o dinheiro de um dos cofres do Templo, durante a madrugada de sábado (14), já que a Igreja ficou aberta para receber os devotos de Padre Victor que estavam chegando para participar da cerimônia de beatificação.

Um dos seguranças que estava na Matriz, pediu que o companheiro, o acusado, para o substituir por alguns instantes para que ele fosse ao banheiro na Associação Padre Victor. O rapaz ficou sozinho e aproveitou para furtar a doação dos fiéis, em um dos cofres de madeira. Ele não sabia ou nem se importou com as câmeras do circuito interno de segurança, que registrou toda ação.

O rapaz foi identificado e preso quando chegava em casa, no bairro Vila Marilena. Ele confessou o crime, contou aos militares que precisava do dinheiro para pagar uma suposta dívida com um traficante. Na Delegacia de Policia Civil contou que no cofre havia apenas R$50. Ele foi ouvido e liberado em seguida. (Foto: Arquivo/Equipe Positiva)

COMPARTILHAR

Comentários