Os três candidatos a Prefeitura de Santana da Vargem, que disputam a Eleição suplementar deste domingo, dia 19 de novembro, estão na reta e final de campanha na conquista pelo voto da população vargense.

A Equipe Positiva ouviu os três candidatos, João Martins Boaventura (PMDB), Renato Teodoro da Silva (PDT) e Emerson Araújo (PT) e traz nesta reportagem, a análise deles à campanha, suas bandeiras defendidas neste período e seus planos se chegarem ao Poder Executivo.

A ordem das entrevistas foi definida de acordo com a representatividade partidária dos candidatos, assim como a Justiça Eleitoral determina para o tempo de veiculação dos programas de rádio e TV.

João Martins Boaventura, o João “Fran Fran” é vereador do PMDB candidato com o Marquinho do Chico Barba do PSDB. Juntos formam a Coligação “Santana da Vargem não pode parar”. Na campanha Fran Fran diz que não está trabalhando contra nenhuma das outras chapas, está fazendo uma campanha simples, de casa em casa e sentindo que o eleitor quer mudança. O objetivo é trabalhar em conjunto, agregando a influência que o candidato a prefeito tem com políticos da esfera estadual, em Belo Horizonte, com tudo que o pai de Marquinho (Chico Barba), seu vice, construiu em Santana da Vargem.

A proposta é ser humilde, simples e trabalhar os quatro anos de portas abertas, atendendo a todos para o povo em geral.

Renato Teodoro da Silva é do PDT, foi eleito vereador em 2016 e como foi eleito presidente da Câmara Municipal ganhou a ascensão ao cargo de prefeito interino. Forma com Gleyton de Souza, o Gleyton do Cajuru (PSL) que foi vice no mandato 2013/2016, a Coligação “Saúde em 1º lugar”.

Na avaliação de Renato, a campanha está tendo uma receptividade muito boa, talvez por ele estar administrando a cidade nestes 10 meses e mostrando um trabalho que é visível e recebendo o apoio da população.

Mesmo colocando como slogan de campanha a saúde, o candidato, afirma que ao administrar conhece os problemas e um deles é a geração de emprego. “Nós temos aqui bastante profissionais na área da costura. Vamos ver se trazemos empresas neste setor para garantir emprego e renda às famílias”, explanou. Nas visitas que tem feito, Renato diz ter ouvido sugestões aos diversos setores como saúde, educação e também na segurança pública. “Além de ouvir, tenho pleno conhecimento do que o Município precisa, sem promessas absurdas. Prego que vou dar continuidade no trabalho que iniciei com transparência e honestidade no dia 1º de janeiro”, se compromete o candidato Renato da Farmácia.

Emerson Silva Araújo e Vitor Donizetti Siqueira “Vitor Elói”, são do PT e disputam o cargo de prefeito e vice respectivamente, a Prefeitura com o slogan “Santana para Todos”. Emerson foi vereador no mandato 2013/2016 e Vitor Elói prefeito no mesmo período.

Emerson disse que na sua campanha tem colocado Deus na frente da caminhada e está visitando os eleitores, olhando nos olhos de cada um e pedindo o voto. A vontade é passar em todas as residências e está sendo muito bem recebido, conversando com os moradores da cidade e zona rural, junto com a militância.

Segundo Emerson, a campanha não tem uma bandeira específica, mas nas prioridades vem primeiro a saúde. O candidato acrescentou, que mesmo antes de ser vereador, já havia conseguido vários recursos para equipar o PSF e o Centro Odontológico. Hoje existe recurso para fazer salas de odontologia e fisioterapia. Tem mais uma emenda do deputado Reginaldo Lopes de R$100 mil, pedido do Vitor Elói para a saúde. A intenção, se for eleito, é manter os médicos que estão atendendo na cidade e trazer as especialidades que atuavam no municipio. Emerson diz que vai trabalhar para a geração de emprego, aproveitando a área do Distrito Industrial fruto do governo Vitor Elói. Vamos lutar para gerar empregos para não ver os jovens saindo em busca de oportunidades em outras localidades, lutando para que as empresas já instaladas não saiam. Investir na educação é uma preocupação, por isto, vamos cuidar dos ônibus escolares e trazer mais cursos da Uniararas.

COMPARTILHAR

Comentários