Outros partidos irão indicar nomes para formar a chapa com o médico do PSD 

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), realizou na manhã deste domingo (24), na Câmara Municipal, a sua convenção para as Eleições de 2016.

Além de escolher quais nomes vão disputar as 11 cadeiras do Poder Legislativo, o partido que vai lançar chapa completa também escolheu o nome a ser indicado para ser vice do pré candidato a prefeito Dr. Luis Roberto Laurindo Dias (PSD). Na disputa interna haviam três nomes – do engenheiro e ex vereador Marcelo Chaves Garcia, do advogado e ex presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Dr. Luciano Reis Diniz e do ex delegado de Polícia Civil e irmão de Paulo Luis Rabello, Francisco Eustáquio Rabello.

Em votação, Chico Eustáquio obteve 16 votos, contra 5 de Marcelo e apenas a Dr. Luciano, que se tornou pré candidato a vereador.

De acordo com o partido, o nome de Dr. Francisco é um dos que podem formar a chapa com Luis Roberto, já que o PSD, por exemplo, tem nomes a serem indicados, entre eles o professor João Victor Mendes de Gomes e Mendonça, que foi candidato a vice em 2012.

Nos bastidores, a formação da chapa Dr. Luis e Chico Eustáquio é dada como certa, apesar de não ser unanimidade. Seria uma forma de compensar o PMDB pela saída do médico da sigla.

Francisco Eustáquio é irmão do atual prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), que é pré candidato a reeleição. Nas Eleições de 2012, ele já havia participado efetivamente da campanha de Luis Roberto. O ex delegado, foi Superintendente Geral de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, ocupou também os cargos de Subcorregedor da Corregedoria Geral de Polícia e Corregedor Geral de Polícia e foi eleito Presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Minas (Sindepo) e já presidiu a Associação dos Delegados de Polícia (Adepolc). Ele também já disputou eleição para deputado estadual mas não conseguiu vencer. Nos tentamos contato com Francisco Eustáquio, mas ele não atendeu nossas ligações.

COMPARTILHAR

Comentários