VEJA AS IMAGENS EXCLUSIVAS – A chuva acompanhada de rajadas de vento, voltou a causar estragos em Três Pontas no fim da tarde desta segunda-feira (05). Além de deixar a Avenida Oswaldo Cruz inundada no trecho que sempre tem problemas, árvores caíram e deixaram moradores sem energia elétrica. Ela durou cerca de 20 minutos e de novo colocou a cidade em alerta. Assim que a chuva parou a água escoou rapidamente e tudo voltou ao normal, tanto na Oswaldo Cruz como na Avenida Conceição Queiroz Marinho, onde a água chegou também a invadir casas e residências.

O caso mais grave foi na Avenida Barão da Boa Esperança, onde no fim da tarde uma árvore enorme caiu em cima de duas residências e quebrou dois postes de iluminação pública, que ficaram pendurados apenas pelos fios, no bairro Catumbi. A árvore ficava no canteiro central, que divide as duas pistas, que com a força da chuva fez com que ela fosse arrancada pela raiz, deixando moradores sem energia. Postes foram quebrados e ameaçavam cair em cima das casas dos moradores. Boa parte dos telhados ficou danificada, mas ninguém se feriu.

01
Árvore no canteiro central da Rua foi arrancada pela raiz
03
Árvore enorme veio abaixo e danificou duas residências da Rua Barão da Boa Esperança

As duas pistas ficaram impedidas para o trânsito de veículos, porém, uma grande quantidade de curiosos foram ver de perto o estrago da chuva e aproveitaram para registrar nas redes sociais.

Para resolver o problema, o Corpo de Bombeiros de Varginha foi chamado e chegou já era noite. Com apoio imprescindível dos servidores da Prefeitura de Três Pontas, a Corporação cortou os troncos e galhos para liberar as pistas. Enquanto o serviço era feito, a equipe foi surpreendida com um enxame de abelhas e teve que redobrar os cuidados. Já era noite quando servidores da Secretaria de Transportes e Obras trabalhavam no escuro, já que não havia energia. O vice prefeito Érik dos Reis Roberto esteve no local e acompanhou o serviço que estava sendo feito, utilizando uma pá carregadeira e moto-serras. Agora de manhã (terça-feira) o trânsito ainda estava impedido e era aguardada a Cemig para resolver o problema da falta de energia elétrica.

Na Praça Monsenhor Silveira uma árvore também caiu, mas a situação foi bem mais tranquila. Os galhos ficaram espalhados na Praça do Cemitério, mas não chegou a interromper o trânsito.

Houve queda de árvore também na Rua Marcílio Ferreira de Brito, em frente a Quadra do bairro Vila Marilena. Outra árvore ameaça cair na Rua Nossa Senhora D’Ajuda.

02

 Postes de iluminação quebraram, ficaram suspensos e seguros apenas pelos fios, ameaçando cair

04

 

05

06
Na Praça do Cemitério, no fim da tarde, já estava sendo retirada a árvore que caiu
Árvore caiu ao lado da quadra do bairro Vila Marilena
Árvore caiu ao lado da quadra do bairro Vila Marilena

O TRABALHO DO CORPO DE BOMBEIROS E DA PREFEITURA

16
15

14

13

12

11

09

COMPARTILHAR

Comentários