O Coral do Presídio de Varginha Raízes do Futuro se apresentou nesta quarta-feira (14), na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves a convite da direção da escola. O evento fez parte de ações promovidas pelo estabelecimento educacional na prevenção e combate as drogas e violência. Um grande público prestigiou o evento, como alunos, professores e pais.  O Coral apresentou músicas populares e religiosas e três dos detentos deram testemunhos de vida, deixando claro para aos jovens que o mundo das drogas e do crime não compensa, que além, da destruir famílias, o final para os que optarem por esta vida é a cadeia ou a morte. Em total silêncio e concentração eles ficaram atentos as declarações.

No fim da apresentação o vice-diretor Mário Fernandes de Carvalho, pediu uma última canção ao maestro Elias de Brito. Ai veio a surpresa, com “Noite Traiçoeiras” de padre Marcelo Rossi. A platéia ficou de pé e cantou com o coral, fazendo um encerramento brilhando.

O projeto desenvolvido faz um trabalho de ressocialização dos presos, além da conscientização feita por eles em suas apresentações por toda a região. Um projeto que tem o apoio do diretor geral do presídio Samir Silva Direne e do diretor adjunto Rodolfo Correia Bandeira, sob a regência do maestro  Elias de Brito Pereira. Esta foi a segunda vez que o Coral esteve no estabelecimento.

Coral 3

Coral 1

 

 

COMPARTILHAR

Comentários