Os suspeitos Francisco e Tiago ao lado de Márcio, vizinho da Creche que teria visto o crime, comprado o material e escondido em sua casa

O delegado de Polícia Civil de Três Pontas Dr. João de Almeida Guedes ratificou o flagrante dos dois presos que são acusados de furtarem na noite desta terça-feira (15), no Centro Municipal de Educação Infantil Dona Jacyra de Figueiredo Murad, no bairro Antônio de Brito, em Três Pontas.

O delegado que estava de plantão na Delegacia de Polícia Civil em Varginha, foi quem recebeu os presos, os ouviu e acabou fazendo o flagrante dos dois, Francisco de Assis de Lima de 36 e Tiago Moises Pinto de 26 anos que são acusados de ter invadido o prédio. Já Márcio Leandro de Paula de 40 anos que comprou os produtos, foi ouvido, pagou fiança de R$ 1 mil estipulada pelo delegado e foi liberado. A dupla passou a noite em Varginha e na manhã desta quarta-feira (16), deve chegar no Presídio de Três Pontas, onde vão responder pelo inquérito inicialmente presos.

01

O caso da invasão na Creche causou revolta nos trespontanos e principalmente nos funcionários municipais e moradores próximos do estabelecimento educacional.

Francisco e Tiago foram presos pela Polícia Militar em um ferro velho do bairro Vila Marilena e depois tudo que havia sido furtado, foi encontrado na casa de um vizinho na rua Rua Amadeu Aliprandi no fundo do Centro, bem em frente ao muro que eles teriam pulado para ter acesso ao pátio. Na residência de Márcio além do que a direção já havia constatado que teria sido levado, como três televisores de 42 e 48 polegadas, três aparelhos de DVD, duas impressoras, um computador, 60 quilos de feijão que haviam sumido, os militares ainda encontraram, uma caixa de som, dois aparelhos de som portáteis, três panelas que também pertence ao Centro Municipal e R$56 em dinheiro que estavam com Francisco e Tiago.

Márcio, que é conhecido por Dinho é vizinho da creche e contou aos militares que teria visto a movimentação de Tiago e Francisco na creche e quis comprar tudo. Pagou por isto apenas R$500.

COMPARTILHAR

6 Comentários

  1. Esse Márcio também tinha que ter ficado preso. Ele é o pior. O cara mora ao lado da creche e mesmo sabendo do crime comprou tudo. Será que ele pensou nas crianças do bairro onde ele mesmo mora? Parabéns a Polícia pelo trabalho.

  2. Francamente.Se alguem entresse na casa de sse GORDO e roubasse o alimente dele será que ele ia ficar com essa cara de BUNDA que ele esta na foto ? Pois bem ,é isso que ele financia ao comrpar produto roubado,e ainda pior,de crianças inocentes,que em alguns casos a única refeição é feita na instituiçaõ de ensino a qual frequentam.Fiança nesse caso deveria ser dispensada,e somente o pagamento de pena em regime de reclusão.E quanto aos meliantes que furtaram,ja sabendo de nossa lei que é ineficaz,mas fala sério,uma pessoa que outro dia cometeu um ato infracional em um templo religioso o qual tomou conhecimento toda a populaçao Trespontana,ja estar nas ruas novamente ?Revoltante ! Esse não é o País que queremos,ja esta todo mundo cansado de tanta impunidade,desde o chinelo avaiana até o colarinho brnaco.Basta,vamos participar mais ativamente da vida publica e cobrar mais,vamos nos movimentar mais,vamos fazer valer a percentagem que pagamos a uniao e ao estado a fim de reverter em mais segurnaça e mais justiça.

  3. acho a lei muito errada so porque tem dinheiro naõ pode ser preso o gordo pagou fiança e foi liberado acho que teria que ficar preso também ele pagou mil reais porque a policia naõ daria esse dinheiro para a creche por onde vai todas as fianças que pagam para serem liberados .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here