Denis Pereira – A Voz da Notícia

O deputado federal Diego Andrade (PSD-MG), voltou a Três Pontas na noite desta terça-feira (07), para agradecer pela sua reeleição e pelos votos que o manteve majoritário na cidade, com 16.430, com votação maior do que em 2010, quando foi votado por aproximadamente 15 mil eleitores. Ao todo foram 114.240 votos, distribuídos em 711 municípios mineiros.

Destaque 4
Dr. Luiz Roberto percorreu visitou várias residências da cidade pedindo votos para Diego Andrade

O parlamentar foi aguardado por correligionários, membros da campanha, apoiadores e populares na Avenida Prefeito Nilson José Vilela, onde saiu em carreata por diversas ruas da cidade. Antes, concedeu entrevista, tirou fotos com eleitores, a maioria crianças e recebeu o carinho dos trespontanos. O seu principal cabo eleitoral, candidato a prefeito nas Eleições de 2012, Dr. Luiz Roberto Laurindo foi até lá para abraçá-lo. Ele não participou da carreata por causa do plantão médico em Santana da Vargem.

Ao falar com a imprensa, Diego era só alegria com os trespontanos que segundo ele, o deram mais uma vez uma energia maravilhosa. Por estes e outros motivos, é que Três Pontas é a sua terra do coração. Saber que hoje ela tem um deputado estadual e um federal, mostra que ela sai forte deste processo eleitoral e bem representada. “Quero mais uma vez parabenizar ao Caixa, porque fiquei feliz com a sua vitória. A cidade soube reconhecer o trabalho dele, e juntos, poderemos fazer muito mais por Três Pontas”, enfatizou Diego.

A ampliação do número de votos que recebeu em 2010, justifica Diego, é por ter trabalhado incansavelmente por todas as cidades onde obteve votos, com coerência, naturalmente em especial por aqui, que o intitula deputado trespontano.

Ao se referir às pessoas especiais, voltou a lembrar do tio, o ex senador e empresário Clésio Andrade e Adriene Andrade. O casal tem um carinho especial pela cidade que reconheceu que com força e união poderão fazer mais neste segundo mandato, pois está mais preparado e disposto a ajudar o desenvolvimento da Terra de Padre Victor, a quem Diego disse ter tido as bênçãos.

O deputado disse que dá sua parte não há rivalidade com a Administração Municipal, que vai continuar colocando emendas no Orçamento da União e se for procurado está pronto para poder ajudar, já que ele foi até o gabinete do prefeito Paulo Luis Rabello se colocar a disposição. “Politicamente é normal, cada cidadão escolher os seus candidatos. Isto faz parte da democracia. Na Eleição municipal o nosso candidato foi o Dr. Luiz Roberto, por saber da prioridade que é preciso dar para a área da saúde e, todos sabem do meu trabalho nesta área. Naquela ocasião ele estava mais preparado”, disse Diego Andrade. Na visão do legislador, o político precisa carregar duas virtudes. A primeira é ter atenção com o cidadão, porque o político é empregado do povo, para poder sair sabendo a real necessidade do município. E depois, tem que saber transformar o que ouviu em ações. Assim foi feito, pondera o deputado com a instalação do SEST/SENAT, a chegada da Thega e várias outras iniciativas a favor da população. “Esta tem que ser a postura do político”. Com o compromisso redobrado, Diego volta a se colocar a disposição para ajudar, independente de quem seja o prefeito ou prefeita, já que nunca virou as costas, porque pensa que a disputa precisa ficar no campo das idéias e dos projetos políticos.

Pela terceira vez, desde o lançamento da sua campanha, ele voltou a dizer que uma pessoa não pode ficar a vida toda como deputado, é preciso ir além e com toda simplicidade e levar o nome de Três Pontas mais alto, chegando mais longe fazendo a cidade sendo lembrada. O próprio ex senador Clésio Andrade revelou em uma entrevista no domingo, que seu sobrinho poderia disputar o cargo de governador do Estado. Ao falar de novo no assunto, Diego foi cauteloso e respondeu que é preciso fazer o hoje muito bem, porque o amanhã a Deus pertence. “A gente precisa estar atento as oportunidades que a vida sinaliza. Sorte é o encontro da preparação com a oportunidade. Eu tenho me preparado, conheço o Estado e os problemas de Minas Gerais e sei que algumas ações precisam ser feitas pelo Governo Federal. Não é toa que eu decidi apoiar o senador Aécio Neves para a presidência. Isto não depende só da gente, tem que ter a mão de Deus. Se tivermos esta oportunidade vamos procurar estar preparado, ocupar o espaço na hora certa e realizar benefícios para Três Pontas. É preciso viver um dia de cada vez“, finalizou.

Ao contrário do que foi anunciado, o deputado estadual Mário Henrique Caixa (PCdoB) não participou da carreata. Durante todo o trajeto, o deputado seguiu em carro aberto e os fogos de artifícios indicavam o percurso que durou cerca de 2 horas.

DSC03400

DSC03403

destaque 3

 

destaque 7

DSC03382
destaque 5

 

 

COMPARTILHAR

Comentários