A manhã desta quarta-feira (09), foi novamente de avaliar os prejuízos e estragos causados pela chuva e os ventos fortes que passaram pela cidade de Três Pontas na noite desta terça-feira (08). Em vários pontos outdoor’s e placas caíram e na Avenida Oswaldo Cruz atingiram dois veículos que estavam estacionados.

Na Avenida Caio de Brito, na saída para Varginha, a parede de uma construção caiu e a estrutura parou nos fios de alta tensão. Por sorte, ela não desabou para o lado de fora onde atingiria uma residência que fica bem ao lado. As vigas ficaram retorcidas e a madeira pendurada. O trecho da rua precisou ser interditado pela Polícia Militar ainda durante a noite e a CEMIG chegou cedo no local para restabelecer a energia elétrica.

O caso mais impressionante foi no Auto Posto Aeroporto onde o telhado ficou todo retorcido depois que caiu. Durante a manhã, os estragos ficaram mais visíveis e Perícia da Polícia Civil esteve no local fazendo levantamentos, que foi isolado durante a noite. Os funcionários aproveitaram para lavar a pista de abastecimento já que não havia como o estabelecimento funcionar. O posto de combustíveis na Avenida Ipiranga tem seguro e uma empresa já foi contratada para refazer a estrutura metálica que desabou. Os pilares e as bombas de abastecimento não foram atingidos, por isto, o serviço será rápido. A parte elétrica terá que ser substituída. O funcionamento deve voltar ao normal ainda hoje, espera a direção do Posto.

Em nenhum ponto da Cidade houve registro de feridos. Há informação também de que algumas casas foram destelhadas no bairro Cidade Jardim. Em vários locais galhos de árvores caíram e as ruas ficaram bastante sujas.

Várias equipes da CEMIG estão trabalhando em Três Pontas.

03 ok
Equipe de uma empresa especializada começou no fim da manhã a trabalhar no telhado danificado

04

02
Parede caiu. Vigas e estrutura usadas pelos profissionais pararam na rede elétrica
COMPARTILHAR

Comentários