Por Marcos Venício de Mesquita – Advogado

A palavra páscoa vem do hebraico pesah que traduzida para o grego será (páscoa), que significa passagem. A páscoa no Primeiro ou no Antigo Testamento tem a finalidade de celebrar a passagem do Senhor Deus, que libertou o povo de Israel da escravidão do Egito. No seu aspecto histórico a Páscoa no AT é a festa que faz a memória da passagem de Deus no Egito para a libertação do povo (Ex. 12).

No aspecto agrícola anteriormente era a celebração do inicio da primavera, no primeiro mês da colheita da cevada, e que Israel adaptou, para a celebração da Páscoa, onde faziam pães sem fermento, conforme está em DT 16:3.

No aspecto pastoril era o sacrifico de um cordeiro cujo sangue era colocado na entrada das tendas dos pastores nômades para a proteção dos rebanhos.

Israel precisou passar o sangue do cordeiro em suas portas para protegê-los da passagem do Senhor, como se encontra em Ex. 12.

Quando o povo de Israel entra na terra de Canaã celebra a páscoa em Gilgal, conforme está no livro de Josué cap. 5.10 -11. A páscoa que os nossos irmãos judeus realizam ainda hoje tem o sentido de fazer a memória da libertação do Povo do Egito, conforme se encontra em DT 16:1 – 4.

A páscoa no Segundo ou Novo Testamento é a passagem da morte para a vida – é a Ressurreição de Jesus de Nazaré, que havia sido morto na cruz. É a vitória de DEUS sobre tudo o que fere e mata a vida. JESUS faz a sua passagem da morte para a vida plena. A partir da Ressurreição de Jesus temos o convite de Deus para participar da vida eterna. Com a prisão de Jesus  e sua posterior morte, ocorreram na época da celebração da Páscoa dos Judeus (cf. Mt 26:17-56; Mc 14:12-50; Lc 22: 14-62 e Jo 13), a sua Ressurreição toma agora o significado de libertação da morte para a vida eterna. Esta descrita nos evangelhos: Mt 26:1-8 ; Mc 16:1-8; Lc 24 e Jo 20.

Para nós cristãos, a Páscoa tem este significado, a Ressurreição de Jesus, a ressurreição para a vida plena, para a vida eterna, para uma nova vida de amor com DEUS.

Muitas pessoas mesmo que ainda estejam vivas, enquanto não vivem no amor, na paz, na justiça e na alegria que Deus nos oferece, mas que preferem viver dominadas pelo ódio, pela mentira, pela vingança, pela injustiça e pelo desamor, estão mortas para a Vida. E quando uma dessas pessoas percebe que Jesus lhe oferece uma nova vida de amor e a Ele aderem, e mudam totalmente de vida, fazem assim digamos uma ressurreição, como em Lc. 15:32.

Pense nisso, acredite, JESUS é o único caminho para a vida eterna. Feliz Páscoa. Deus os abençoe.

Fonte: www.abiblia.org/ver.php

Marcos Venício de Mesquita- Advogado
Rua Prefeito Olinto Reis Campos- nº 104 – Três Pontas- MG
Rua Wenceslau Braz- nº 763- 1º Andar- Varginha – MG

COMPARTILHAR

Comentários