A ousadia dos bandidos está cada vez maior e no golpe aplicado por telefone, foi utilizado o nome de um suposto policial militar.

Um homem ligou na tarde desta sexta-feira (06), em uma farmácia que fica no bairro Catumbi, encomendando um remédio e se identificando por Sargento André. Além do medicamento, o suposto cliente solicitou que a funcionária colocasse créditos em determinados números de celulares, das operadoras Oi ou Vivo, com prefixo 065. Ele combinou que a compra seria paga no Quartel da Polícia Militar. Sem saber que era um golpe isto foi feito. Quando o entregador chegou até a Companhia, soube que não existe nenhum policial e que ninguém havia solicitado a compra.

O caso foi registrado como estelionato e será investigado pela Polícia Civil.

COMPARTILHAR

Comentários