*Equipe Positiva está com uma equipe na Capital Mineira para acompanhar o encontro com exclusividade

A crise da cafeicultura mineira será debatida em audiência pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais daqui a pouco às 14h. O encontro foi requerido pela Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, por intermédio de seu presidente, deputado Antônio Carlos Arantes.

Uma comitiva formada por cafeicultores e presidentes de Sindicatos de Produtores Rurais do Sul de Minas estão em Belo Horizonte. Três Pontas, Santana da Vargem, Boa Esperança e Coqueiral que integram a Associação dos Sindicatos dos Produtores Rurais do Sul de Minas (ASSUL) que representa 45 sindicatos e envolve 30 mil produtores é que organizou e está custeando a viagem

O presidente da Cocatrel Francisco Miranda de Figueiredo Filho também está na capital.

Para o diretor da FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) e presidente da Comissão de Cafeicultura da entidade, Breno Mesquita, será oportunidade para que produtores de todo o estado apresentem sua realidade, suas demandas e sugestões ao legislativo: “É importante que todos participem. Ao longo de meses de intenso trabalho e articulação, obtivemos algumas conquistas. Mas a situação continua muito complicada e precisamos continuar mostrando nossas dificuldades e buscando melhorias. A cafeicultura é importante demais para a economia de nosso estado e é preciso que façamos com que seja valorizada”.

A Equipe Positiva está com uma equipe que cobre com exclusividade o encontro que deve reunir produtores e lideranças do café de todo o Estado.

COMPARTILHAR

Comentários