• O Beato eleito Padre Victor, será o primeiro afro descendente a ser levado aos altares no Brasil

O ritmo de preparação para a Festa do Padre Victor está acelerado. Ainda mais porque, além do tradicional Aniversário de Morte do Venerável, dois meses depois, em novembro, acontece a grande celebração eucarística de sua beatificação. Por isto, esta é a ultima novena que começa dia 14 de setembro e termina no dia 22 de setembro, que pede a beatificação. Dia 23 serão completados 110 anos de morte do Padre Francisco de Paula Victor.

Não há nada de tão diferente na programação em setembro, só é esperado um número maior de fiéis. O padre Rogério Augusto da Silva está organizando um novo passeio ciclístico, o “Trilha das Virtudes” no dia 13 de setembro na Paróquia Cristo Redentor, mas que conta com a participação efetiva das outras duas paróquias – D’Ajuda e Aparecida. A novidade que agradou os ciclistas na Festa de São Cristóvão já está sendo bastante comentada pelos amantes das bikes que desta vez irão percorrer 30 quilômetros. No domingo dia 20, haverá um horário especial de missa, às 15 horas na Matriz Nossa D’Ajuda, já prevendo que no fim de semana anterior a festa, muitos devotos já venham para Três Pontas.

Trilha das Virtudes

Após a confirmação da data, dia 14 de novembro, o local também já foi escolhido, será o Aeródromo Municipal Leda Mello de Rezende. Falta a definição do horário que está ainda em estudo, mas ao que tudo indica, segundo os padres da Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda, Ednaldo Barbosa e Mateus Arantes, a celebração deve acontecer às 16 horas. Três dias antes, haverá apenas um Tríduo preparatório na Matriz.

A beatificação está sendo organizada por uma Comissão, instituída através de um Decreto do bispo da Diocese da Campanha, Dom Diamantino Prata de Carvalho. O presidente é o pároco padre Ednaldo Barbosa. É ele quem coordena várias equipes que estão trabalhando em várias frentes. A equipe litúrgica tem a frente padre Guilherme da Costa Vilela Gouvêa, que prepara vestes próprias para a celebração. Um coro com mais de 100 vozes já iniciou os ensaios e uma orquestra que vai unir vários músicos e talentos da Cidade.

Padre Mateus está encarregado de fazer os contatos com autoridades e tratar da grande estrutura que uma solenidade desta demanda. Por isto, a Prefeitura e o Governo do Estado estão juntos e são parceiros de primeira hora para o evento.DSC02904

A comunicação ficou a cargo da própria Associação Padre Victor. É ela que vai enviar as correspondências com os convites e manter um contato próximo com a imprensa que cada vez mais quer noticiar, passo a passo deste momento histórico para os devotos e o Município. Os padres Rogério e André também lideram os grupos e estão a frente das ações.

A distribuição das tarefas vai agilizar a conclusão dos trabalhos. A presença dos três sacerdotes que hoje estão na Paróquia D’Ajuda na beatificação de Nhá Chica em maio de 2013, trouxe um pouco de experiência e as parcerias que foram formadas estão sendo fundamentais. “Já apresentamos em Belo Horizonte as demandas que são inúmeras, já as projetamos e estamos na fase de execução”, afirmou padre Mateus.

Pe. Mateus foi designado para cuidar da estrutura da beatificação e padre Ednaldo é o coordenador geral
Pe. Mateus foi designado para cuidar da estrutura da beatificação e padre Ednaldo é o coordenador geral

Os trespontanos que foram a Baependi sabem que a beatificação é um rito que acontece durante a solene celebração eucarística, por isto, não é nada muito demorado como as pessoas imaginam e o tempo previsto é de duas horas. Por isto, a tradicional feira do dia 23 de setembro, não será montada neste dia.

A celebração será presidida pelo prefeito da Congregação da Causa dos Santos, cardeal Angelo Amato, representante do Papa Francisco. Até a publicação desta reportagem já eram três cardeais já confirmados, inúmeros bispos, padres, religiosos e religiosas, autoridades civis e políticas, como deputados estaduais, federais e prefeitos. Vários secretários de Estado devem acompanhar a beatificação junto com o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT). A presidente Dilma Rousseff (PT) ainda será convidada. Se ela não vir, certamente deve enviar algum ministro para representá-la.

Para garantir a segurança, na terra e no céu, a partir do dia 02 ou 03 de novembro, a ANAC já deve permitir a interdição do espaço aéreo. Já o espaço do Aeroporto também deve ser interditado nesta data, inclusive a passagem de moradores que cruzam a pista de vôos e decolagens.

Padre Victor ganhará um altar na Matriz, ao lado esquerdo do principal
Padre Victor ganhará um altar na Matriz, ao lado esquerdo do principal

Os fieis já perceberam que a Matriz d’Ajuda, já está passando por melhorias. Reparos elétricos estão sendo feitos, câmeras de segurança estão sendo instaladas, lâmpadas estão sendo substituídas e o piso onde ficarão os restos mortais do Venerável Padre Victor está em fase em fase de acabamento. De acordo com padre Ednaldo, quando um candidato a Santo se torna Beato, a Igreja pede que ele tenha um altar. Por isto, Padre Victor sairá do fundo da Matriz e vai ficar a esquerda do altar principal, não mais em um túmulo. Os restos mortais ficarão embaixo de uma imagem, que virá de Roma na Itália, mas diante de um local que lembra os momentos de glória do beato eleito. Uma outra imagem que será disponibilizada para ser colocada em outras igrejas da região, já foi aprovada e está sendo produzida em grande número e em vários tamanhos.

Os católicos podem e serão fundamentais para ajudar no dia 14 de novembro, assim como em 23 de setembro, porém, o número de voluntários deve ser ainda maior. Dentro de 15 dias, os padres irão anunciar nas missas que os fiéis que puderem trabalhar, seja na liturgia ou na organização, deverão se inscrever na Associação Padre Victor. Serão necessários de 300 a 500 voluntários e voluntárias. Muitos destes serão destinados a prestar informações e direcionar os romeiros e devotos.

É inevitável que o trânsito sofra modificações. Apesar de ter algumas avenidas largas, ruas serão interditadas, outras ganharão do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) mão única para facilitar o fluxo, entrada e saída de carros e ônibus. O prefeito Paulo Luis Rabello (PPS) que pessoalmente está trabalhando, acompanhando a montagem da logística e viabilizando a estrutura, está fazendo o levantamento para garantir a maior tranquilidade possível do tráfego. “Mas será preciso que a população tenha paciência, que será afetada no seu direito e ir e vir, mas por uma boa causa”, afirmou padre Mateus.

A própria comunidade pode ajudar também acolhendo os padres e religiosos que virão para Três Pontas. Os leitos dos hotéis na Cidade estarão lotados e não será suficiente para abrigar todo mundo. Como o povo trespontano é receptivo e gosta de acolher bem os visitantes, algumas famílias já tem deixado bilhetes no Escritório Paroquial demonstrando que suas residências estão a disposição. A expectativa é muitos cheguem ainda na sexta-feira no Município.

Para os padres Ednaldo e Mateus, a Cidade a partir do dia 14 de novembro, ganhará um novo status, não apenas no turismo religioso, mas a mudança acontecerá em todos os setores. Ela terá uma visibilidade no campo católico nacional e mundial irreconhecível, com a beatificação do primeiro afro descendente a ser levado aos altares no Brasil.

PASSOS DA BEATIFICAÇÃO

COMPARTILHAR

Comentários