Na casa de um deles, Polícia encontrou materiais furtados de uma propriedade em Candeias 

A Polícia Militar em Campo Belo recuperou nesta sexta-feira (03), o veículo Fluence que foi tomado de assalto na sexta-feira passada dia 28 de janeiro.

Uma denúncia anônima feita à PM foi o início de tudo. Ela indicava que dois jovens estariam com o carro no bairro Eldorado. Os policiais do Serviço de Inteligência localizaram os suspeitos e eles foram abordados na Avenida Américo Leão. Com Mateus Henrique Silva Santos de 19 anos e Guilherme Henrique Reginaldo de 18, nada foi encontrado de errado, além do carro que havia sido roubado em Três Pontas, mas eles foram presos. Ao fazer o registro da ocorrência, Mateus tentou diversas vezes passar endereços errados, onde ele não residia e acabou levantando as suspeitas dos militares. A equipe foi até vários locais onde os moradores eram parentes e amigos de Mateus, mas não confirmavam que ele morava neles. Depois de muita insistência, o rapaz levou a polícia até sua casa. No interior do imóvel, os policiais militares encontraram diversos produtos que teriam sido furtados de uma residência em Candeias. Notebooks, aparelho de telefone fixo, celulares, roteadores, aparelho de tv e acessórios utilizados em cavalos, que estavam escondido nos cômodos do imóvel. Além disso, um papelote de cocaína e uma espingarda calibre 20 foram apreendidos.

Quando a polícia levou os dois para a Delegacia de Polícia Civil, uma guarnição de Candeias reconheceu que os produtores haviam sido furtados em uma propriedade em Candeias. A vítima foi chamada e reconheceu os materiais.

Os suspeitos, Mateus Henrique Silva Santos de 19 anos e Guilherme Henrique Reginaldo de 18, foram presos com o carro roubado
Carro do aposentado de Três Pontas foi recuperado

Em Três Pontas, vítima foi aposentado de 71 anos   

O crime em Três Pontas aconteceu na Praça Cônego Victor, pouco antes das 22:00 horas. Um aposentado de 71 anos estava estacionado com seu carro, um Renault Fluence placas KPD 7380 de Três Pontas, quando foi rendido por dois jovens de cor clara e um deles aparentava estar armado com um revólver de cor prata. Eles determinaram que o motorista descesse, entraram no automóvel e saíram em alta velocidade pela contramão de direção, em frente a Caixa Econômica Federal e descendo pela Rua João Vida Diniz. Quando a Polícia Militar foi chamada, soube que o veículo teria pegado a Avenida Oswaldo Cruz. O carro estava com o tanque cheio e o proprietário possui seguro.

COMPARTILHAR

Comentários