De 19 de dezembro a 16 de janeiro, Centros Municipais de Educação Infantil estarão fechados e as 1.285 crianças ficarão em casa

A Secretaria Municipal de Educação (SME), repete pela segunda vez, as férias para as crianças atendidas pelos 10 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) de Três Pontas. Desta vez, o período será de 19 de dezembro a 16 de janeiro. O chamado recesso, ou descanso, oferecido para os meninos e meninas, foi colocado em prática pela primeira vez no ano passado e gerou muita discussão com a Associação Comercial e Agro Industrial (ACAI-TP). O presidente Michel Renan Simão Castro, chegou a pedir pelo menos a diminuição do número de dias sem atendimento nas creches, mas não obteve sucesso. A justificativa é que compromete a vida dos funcionários,  que não tem com quem deixar seus filhos e atrapalha a freqüência deles no trabalho. Os pais foram comunicados em reuniões realizadas nos bairros e o psicólogo Luciano Virginio de Castro falou na época que as férias é salutar, tem o parecer favorável do Ministério da Educação e de acordo com ele, benéfica aos assistidos pelos Centros de Educação.

As diretoras dos Centros Municipais já foram comunicadas e nos próximos dias já enviarão bilhetes para os pais e responsáveis. As creches atendem a 1.285 crianças, a maior delas é a do CAIC, a Anjo Gabriel.

O secretário de Educação Érik dos Reis Roberto explicou que o ensino regular obrigatório agora é de 4 a 17 anos e os municípios precisam se adequar. Até agora, eles entravam na escola somente com 6 anos de idade.  A partir de 2015, as crianças a partir dos quatro anos vão para a escola e não mais para os Centros de Educação Infantil. Lá, eles terão de cumprir o calendário escolar que tem 200 dias letivos, férias e recesso.

Justificando a mudança que começou no ano passado, Érik lembra que todos os pais receberam no início do ano, o Manual da Criança e da Família. Um livreto que contém calendário, dias de atendimentos, pausa para as desinfecções e os horários com a rotina cumprida diariamente nos CMEI’s.

O próprio Conselho Nacional de Educação (CNE), reafirma que férias escolares na educação infantil é importante para estimular a convivência familiar. Por várias vezes, foi destacado que a criança não vai à creche simplesmente porque seus pais trabalham e não têm com quem deixá-la, ou porque na creche se oferece complementação alimentar. Muito além desses objetivos, a creche e a pré-escola têm como finalidade o desenvolvimento integral da criança até três anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.

A novidade para o ano letivo de 2015, é que todas as crianças receberão no início do ano, material didático gratuito adquirido pela Prefeitura. O material de excelente qualidade, garante o secretário, vai atender os primeiros anos do ensino fundamental e é mais um compromisso sendo cumprido para a melhoria da educação dos pequenos estudantes.

COMPARTILHAR

Comentários