O Serviço Social de Abordagem de Rua de São Paulo (SP) está a procura de uma família em Três Pontas. Eles entraram em contato com a Equipe Positiva na manhã desta sexta-feira (27), para descobrir familiares de Paulo Roberto de Sousa de 36 anos.

O rapaz vivia na rua na capital paulista, morava embaixo do Viaduto Jaceguai no bairro Bela Vista e era acompanhado por uma equipe de serviço social. Ele sempre foi convidado a sair das ruas, mas nunca aceitou. Porém, nesta quinta-feira (26), Paulo faleceu e seu corpo está no Instituto Médico Legal (IML), esperando para ser reconhecido.

O desejo do Serviço Social, é que familiares dele sejam encontrados e como ele nasceu em Três Pontas, a expectativa é de que o rapaz ainda tenha algum familiar, mesmo que distante, morando na cidade ou na zona rural.

No único documento que Paulo Roberto de Sousa tinha é a Certidão de Nascimento, consta apenas o nome da mãe – Valdelícia Conceição de Sousa. Seus avós maternos são Olímpio de Sousa Filho e Maria da Conceição de Sousa. Consta na Certidão que ele nasceu em domicílio, ou seja, em casa – na Rua Elói Mendes que fica no bairro Botafogo.

O corpo só será liberado após 72 horas, prazo para ser verificado se algum parente aparece. Por isto, está sendo feito a busca. Caso contrário, a própria equipe terá que fazer o reconhecimento e Paulo Roberto será sepultado em São Paulo.

Quem souber do paradeiro de algum familiar de Paulo Roberto, pode entrar em contato com o Serviço de Abordagem de Rua em São Paulo pelo telefone (011) 3101-3466.

COMPARTILHAR

Comentários