As redes sociais atualmente são exageradamente utilizadas por gente de todas as idades. A ferramenta proporciona comodidade, encurta distâncias e facilita a vida de muita gente, inclusive da Polícia Militar. Foi usando o whatsapp, que a PM chegou aos dois adolescentes suspeitos de terem assaltado um motoboy na noite desta sexta-feira (15), no bairro Philadélfia.

Acesse: www.trespontasonline.com.br Lista telefônica online do comércio

O entregador de sanduíche conta que a empresa que ele trabalha recebeu por telefone, a solicitação para entregar alguns lanches, na Rua Francisco dos Santos Reis. Ao chegar no endereço indicado, três adolescentes esperavam do lado de fora da casa, encostados no muro. Quando o motoboy parou, dois deles lhes deram uma gravata, colocando uma faca no seu pescoço, pegou a sua carteira e o seu aparelho celular. Dois subiram na motocicleta, o outro em uma bicicleta e fugiram.

A Polícia Militar foi chamada e começou o rastreamento. Policiais militares que estavam saindo de serviço permaneceram no turno e ajudaram nas buscas.

O estabelecimento verificou o número de telefone que fez a ligação, jogou no whatsapp e a foto de um deles apareceu. Um menor de 17 anos, conhecido da PM, fazendo pose com a palavra “vagabundo”, denunciou quem teria cometido o crime. A PM foi até a casa do suspeito no bairro Alcides Mesquita, encontrou ele e a bicicleta usada.

Ele mesmo entregou um dos comparsas, outro menor da mesma idade. A moto depois foi encontrada no fundo dos Quatis. A carteira do motoboy com todos os seus documentos que foi jogada em um matagal também foi recuperada. A faca usada no crime não foi encontrada.

O terceiro suspeito não foi encontrado. Os dois confessaram o crime inclusive diante dos pais deles no Quartel da PM.

O motoboy ficou surpreso ao ver que eles já trabalharam juntos na mesma empresa. Ambos eram parceiros e a vítima fazia muitos favores ao adolescente. E foi justamente ele quem colocou a faca no pescoço do entregador.

Há poucos dias, um destes menores foi apreendido depois de furtarem um carro de dentro da garagem de uma residência na Usina Boa Vista. Ousados “os meninos”, e mais um jovem de 18 anos, aproveitaram que não havia ninguém em casa, entraram na residência, pegaram a chave do Fiat Uno e levaram o carro que estava na garagem. Poucas horas depois, eles foram encontrados próximos a um posto de combustível, a dois quarteirões do Quartel da PM buscando gasolina.

COMPARTILHAR

Comentários