Na próxima semana, com projetos das obras de Três Pontas a Carmo da Cachoeira e Três Pontas a Paraguaçu prontos, Governo de Minas deve autorizar o início das obras

Denis Pereira – A Voz da Notícia

O governador Antônio Anastasia esteve em solenidade oficial na quinta-feira (27), em Varginha, para a assinatura da celebração de mais uma etapa do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG). No encontro realizado no Colégio Marista, Anastasia também autorizou o início do projeto de engenharia para adequação de capacidade do trecho de 27,5 quilômetros, da MG 167, entre Varginha e Três Pontas, incluídos no Programa Caminhos de Minas. Serão liberados R$160 milhões, incluindo material betuminoso, destinados à recuperação e manutenção de 515 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas, em 38 municípios sob responsabilidade da 10ª Coordenadoria Regional do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), sediado em Varginha.

unnamedEntre as autoridades no evento, estavam o prefeito de Três Pontas Paulo Luis Rabello (PPS), o presidente da Câmara vereador Sérgio Eugênio Silva (PPS) e outros vereadores.

Em seu discurso, o governador Anastasia destacou que o programa beneficiará muito mais do que a população de mais de 700 mil habitantes localizadas em 38 municípios – Aiuruoca, Baependi, Boa Esperança, Cambuquira, Campanha, Campo do Meio, Campos Gerais, Careaçu, Carmo da Cachoeira, Carmo de Minas, Carvalhos, Caxambu, Conceição do Rio Verde, Coqueiral, Cordislândia, Cruzília, Elói Mendes, Heliodora, Ilicínea, Jesuânia, Lambari, Minduri, Monsenhor Paulo, Nepomuceno, Olímpio Noronha, Paraguaçu, Santana da Vargem, São Bento Abade, São Gonçalo do Sapucaí, São Lourenço, São Tomé das Letras, São Vicente de Minas, Seritinga, Serranos, Soledade de Minas, Três Corações, Três Pontas e Varginha.

Segundo ele, os investimentos no setor são uma “via aberta” para o desenvolvimento e para a atratividade de empresas. “Infraestrutura significa desenvolvimento. É uma área, hoje, no Brasil, lamentavelmente atrasada. Perdemos muitos e muitos anos com a ausência de investimentos mais corajosos. Felizmente, Minas Gerais, que tem a maior malha rodoviária do país, está fazendo investimentos firmes na infraestrutura sobre nossa responsabilidade. O programa modelar é o ProMG, porque  não basta construir a estrada, ela tem que ser conservada. Quando íamos a São Paulo tínhamos vergonha das estradas mineiras. Com o ProMG, sem custo para o usuário, que não paga pedágio, restauramos a qualidade  das rodovias de todo o Sul de Minas. E agora estamos autorizando a liberação de mais R$ 160 milhões para dar continuidade ao programa na região”, afirmou.

DSC04940

Prestígio político, em ambas as esferas – estadual e federal, através dos deputados Dilzon Melo e Bilac Pinto. É assim que Paulo Luis define o momento político de Três Pontas, afinado com vários apoiadores. Por isto, é que as pessoas tem notado os investimentos que estão acontecendo.

Surpreso com a notícia dada pelo governador, o prefeito de Três Pontas Paulo Luis disse que este é um grande sonho dos trespontanos e de toda a região, já que este trecho já ceifou muitas vidas. “Isto só vem nos alegrar, ainda mais que as outras duas rodovias, (Três Pontas/Carmo da Cachoeira – Três Pontas/Paraguacu) que são reivindicação desde 2008, quando era governador Aécio Neves estão prestes a serem anunciadas.

Isto porque, o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas Carlos Melles anunciou que o Governo de Minas deve lançar nos dias 13 e 14 de março, um lote de projetos do Programa Caminhos de Minas, dando autorização de projetos e a licitação de obras de outros trechos, incluindo estes dois anseios de Três Pontas, ligando o município a Paraguaçu passando pelo Distrito do Pontalete e Três Pontas a Fernão Dias, através de Carmo da Cachoeira. “Só se da ordem para começar uma obra quando tem dinheiro em caixa, assim é feito desde a gestão do ex-governador Aécio Neves. O governador vai anunciar a estrada esperando apenas os financiamentos saírem, já que os projetos estão prontos. Quando Paulo Luis foi prefeito, a ligação Três Pontas a Carmo foi uma solicitação dele e do cantor e compositor Milton Nascimento.

Sobre o trecho, Três Pontas/Varginha, Melles explicou que a situação da rodovia preocupa o governo, que tratou como prioridade a melhoria da trafegabilidade dando mais segurança aos usuários. Tanto que houve uma pequena paralisação por problemas administrativos, mas o projeto está em andamento. Alguns pontos serão duplicados, mas na maioria será construída a terceira pista e acostamento.

Melles acrescentou ainda que convive com este perigo a pelo menos 50 anos, pois neste percurso passa doentes, estudantes, trabalhadores e a maior riqueza da região que é o café. Por isto, a expectativa é que o projeto fique pronto ainda este ano e a obra inicie o quanto antes.

O deputado federal licenciado, secretário de Estado de Desenvolvimento e Políticas Urbana Bilac Pinto, também acredita que este é o resultado do empenho do gestor junto ao governo Anastasia, o que vem acontecendo desde a época de Aécio Neves. “Estão são obras que terão um impacto enorme na economia da região, um trecho que foi muito reivindicado por ele e Érik, a mim e ao deputado estadual Dilzon Melo. Isto demonstra o nosso compromisso público efetivamente com esta região, mas particularmente com Três Pontas, onde temos a responsabilidade de estarmos ao lado do prefeito, do vice e dos vereadores”, disse Bilac.

Jornal da equipe positiva

[ot-gallery url=”http://www.equipepositiva.com/gallery/governador-anastasia-anuncia-em-varginha-inicio-do-projeto-de-engenharia-da-mg-167/”]

COMPARTILHAR

Comentários