O consórcio que administra a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) adiou o início das atividades na região para o dia 31 de outubro. A previsão era de que os serviços, que visam atender 153 municípios, começassem no dia 1º de outubro. Entre os municípios que serão atendidos está Três Pontas. A sua base já foi construída pela prefeitura e fica localizada abaixo da Rodoviária, ao lado da sede da Guarda Civil Militar.

Por meio de uma nota oficial, o consórcio alega que houve atraso no repasse de uma verba do governo do Estado de cerca de R$ 1,9 milhão. O dinheiro vai ser usado na estrutura e equipamentos dos prédios do Samu.

A implantação do serviço começou a ser cogitada na região em 2010, quando 15 ambulâncias do Samu chegaram a Varginha. Os veículos ficaram três anos parados, totalmente inutilizados. Já as obras da sede regional do Samu começaram em outubro do ano passado.

( Com informações G1 Sul de Minas)

 

COMPARTILHAR

Comentários