10299953_690389101056877_549908674207768953_nO 180º Grupo de Escoteiros Boa Vista, de Três Pontas, reativado em outubro do ano passado, depois de 25 anos inativo, promoveu o curso preliminar de formação dos escotistas, que vão trabalhar e chefiar os ramos. A sede do grupo, a Vila Boa Vista foi o ponto de encontro dos membros que se disponibilizaram a realizar este trabalho, com atividades campais, voltadas para o desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens. Eles são comerciantes, policiais, comerciários, profissionais de diversas áreas.

Nem todos que estão disponíveis puderam participar deste primeiro encontro de formação, mas foram 28 inscrições recebidas e durante o sábado (21) e domingo (22), eles deixaram o conforto de suas residências e a curtição do final de semana para conhecer as dificuldades administrativas e funcionais, as soluções para os problemas vividos pelos escoteiros no dia a dia e como lidar com os jovens, uma tarefa nada fácil. Ainda mais nos dias de hoje, quando eles estão mais conectados no mundo virtual e perderam a motivação de viver em sociedade. “Precisamos fazer com que eles tenham uma nova visão do mundo, para isto é fundamental incentivá-los”, assim explica o diretor presidente do grupo João Paulo Resende Baeta.

11008055_776855199076933_8534252661706828154_n
Curso de formação foi dois dias intensos de atividades

As orientações foram passadas pelos Chefes do Distrito Rio Grande, ao qual o 180º pertence, e líderes de Boa Esperança, Cássia e Capitólio. Ainda de acordo com Baeta, esta é a primeira formação dos chefes, depois vem para a divisão dos ramos, para as pessoas que vão trabalhar com os lobinhos, escoteiros, seniores e pioneiros. Cada um terá um curso específico e é preciso estar sempre antenado nos assuntos que mexem com a turma para sempre orientá-los.

01Em Minas Gerais existem 180 grupos de escoteiros, incluindo a região do Sul de Minas. Além de Três Pontas, o escoteirismo está em Varginha, Boa Esperança, Três Corações, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, São Lourenço, entre outras localidades. A criança começa como Lobinho, de 6,5 a 10 anos e meio de idade. Depois é escoteiro de 10,5 a 14 anos e meio. Em seguida vem o Seniores ou Guia que é de 14,5 a 17,5 e o Pioneiro que é de 17,5 a 21 anos, com meninos e meninas participando.

Na direção do grupo trespontano, tem também os diretores, Administrativo Gustavo Marinho de Lima Trolez, o financeiro Delson de Paula Vitor, Chefe de Grupo Escoteiro Roberto Alves Barbosa Júnior e o presidente de Honra é Afonso Trolez.

11070521_776855179076935_3494435718899210439_n

22313_776676842428102_5952533331414481870_n

COMPARTILHAR

Comentários