O Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Três Pontas (IPREV) comemorou nesta quinta-feira (24), 23 anos de sua criação. No mandato do ex-prefeito Tadeu Mendonça, ele foi criado pela Lei Municipal n.º 1.646, de 24 de agosto de 1994, mas começou sua atuação em 1998, quando se aposentou o primeiro servidor através do instituto, José Nicodemos Damasceno, homenageado neste aniversário. Um café especial foi servido na sede do instituto aos servidores, aposentados e pensionistas, instituições, parceiros e convidados.

O IPREV oferece planos de benefícios como aposentadorias, auxilio doença e abono família, além de pensão por morte e auxílio funeral.

O regime previdenciário adotado pelo Instituto é o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), que é tipificado como planos de benefícios previdenciários exclusivos dos servidores públicos municipais efetivos. Regime Próprio de Previdência Social é o sistema de previdência, estabelecido no âmbito de cada ente federativo, que assegure, por lei, a todos os servidores titulares de cargo efetivo, pelo menos os benefícios de aposentadoria e pensão por morte.

Desde janeiro, o diretor é o advogado Luciano Reis Diniz (foto). Ele explicou que atualmente a equipe é formada por 12 funcionários, sendo três estagiários, contando com 255 aposentados e 84 pensionistas. O IPREV possui no fundo de previdência cerca de R$54 milhões, aplicados dentro das regras e determinações do Governo Federal, Município e do próprio instituto. “Temos uma situação financeira confortável e estabilizada e gostamos muito de compartilhar com a comunidade que trabalhamos muito para garantir os direitos dos servidores que dedicaram anos de suas vidas em prol da nossa cidade”, afirmou Luciano Diniz.

Assista a reportagem ao vivo

COMPARTILHAR

Comentários