Denis Pereira – A Voz da Notícia

Antes a bebida era servida com mais frequência no tempo do frio, nesta época do ano por exemplo, quando as temperaturas começaram a cair. Mas agora, beber um bom vinho faz parte do dia a dia do povo brasileiro, em casa, nos eventos e nas festas. A procura está bem maior, tanto que a JM Comércio de Bebidas em Três Pontas, está ampliando suas atividades no ramo trazendo marcas consagradas em São Paulo e no sul do país que vão ganhar o paladar do povo sul mineiro, depois de registrar uma boa aceitação no chopp de vinho que a empresa já trabalha a um bom tempo. Há bastante tempo, Jean Campos que é dono da distribuidora de chopp vem observando o crescimento do consumo de vinho no mercado, desfazendo a mística de que a bebida era para tempo de frio. Com a qualidade que as vinícolas vem obtendo, em São Paulo e principalmente na região Sul, o consumo tem sido diariamente e aumentando consideravelmente as vendas. “Eu me interessei por este mercado, mas em algo diferenciado, com extrema qualidade, exigida pelos nossos clientes, procurando uma vinícola para fechar a parceria de distribuição no Sul de Minas e trazer o produto direto de lá”, afirmou o empresário.

A vinícola Góes (desde 1938), a maior do estado de São Paulo, com sua sede em São Roque, é líder de mercado no estado e seus proprietários são donos de duas no Sul, em Flores da Cunha, na Serra Gaúcha – a Casa Venturini (desde 1989) e Quinta Jubair (desde 1959). Somando as três, o grupo está entre as cinco maiores do país. No Sul são fabricados os vinhos finos, chamados de corte, cada linha usando uma determinada uva. Neste caso o Vivere Brut, Vivere Moscatel, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Tannat, Chardonnay, e outros. Os vinhos finos, Em São Paulo, o chopp de vinho, espumantes e vinhos de mesa.

Foi nos estudos que Jean fez, que encontrou a Vinícola Góes, que ainda não possui distribuição no Sul de Minas, apenas na região metropolitana de Belo Horizonte. Com a falta de uma empresa experiente no setor de bebidas a parceria de exclusividade foi fechada. Após o primeiro contato, um dos diretores visitou a JM e gostou da estrutura e já demonstrou interesse.

Depois, Jean pegou estrada e foi conhecer as Vinícolas. Em São Paulo a Embrapa tem um centro de pesquisa dentro da vinícola onde foi desenvolvida a uva Lorena que deu um vinho branco de ótima qualidade.

A JM vai trabalhar as três marcas e para isto, a estrutura do estabelecimento está sendo adaptada. Os clientes vão contar com showroom e uma sessão de vinhos, com degustação para as pessoas conhecerem os novos produtos. “O mais importante é que a pessoa venha até a nossa loja para conhecer os produtos, pois cada um tem um paladar diferente”, acrescentou.

O empresário que começou com o chopp e ganhou a confiança dos trespontanos e dos clientes das cidades vizinhas, fica feliz em trazer mais uma nova marca, de um produto em ascensão, que além de mexer com o paladar, ainda faz bem a saúde e ao coração.

Nos dia 02 e 03 de junho, a JM e a Góes vão oferecer um curso básico sobre vinhos que será ministrado na própria de Jean. Para fazer o curso é preciso garantir inscrição antecipada. As informações poderão ser obtidas pessoalmente ou através do telefone 3265-2658. Os tipos de vinhos, os cortes, a harmonização entre outros detalhes básicos fundamentais serão mostrados por quem entende do assunto. Nesta data, o empresário pretende fazer a inauguração da loja que vai estar de cara nova para receber seus clientes para esta nova etapa que promete aquecer o mercado de bebidas de Três Pontas.

GEDC1759

[AdSense-A]

COMPARTILHAR

Comentários