Jovens do ensino médio das escolas públicas e particulares, que integram o Parlamento Jovem Minas da edição 2017, participaram na noite desta quinta-feira (29), da Plenária Municipal. Os integrantes da Escola do Legislativo “Professora Maria Rogéria de Mesquita – Dona Rogéria”, votaram as propostas elaboradas com o tema “Educação Política nas Escolas”. Depois elas seguirão para a Plenária Regional em 23 de agosto a partir das 14 horas em Três Corações. Três Pontas é sede do Polo Sul de Minas III, composta por Lavras, Três Corações, Santana da Vargem e Varginha.

Após a fase regional, os jovens de todos os cantos de Minas Gerais se encontrarão na plenária estadual, que será realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no dia 26 de setembro em Belo Horizonte. Na oportunidade, serão escolhidas as principais propostas levantadas pelos participantes.

Elas farão parte do documento final que será entregue à Comissão de Participação Popular da – Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), podendo até mesmo alterar atuais leis ou gerar novas sobre o assunto.

Autoridades e convidados demonstraram em seus discursos a importância do PJ e a necessidade de ser mantido pelo Poder Legislativo, que está em seu terceiro ano e conta com a participação de 34 jovens.

Vereadora Marlene, o presidente Maycon Machado e o diretor Dr. Guilherme

Presidente Maycon Machado recebe incentivo e apoio para gerir PJ

A sessão foi presidida pelo presidente da Escola do Legislativo vereador secretário da Mesa Diretora Maycon Douglas Machado (PDT). Mesmo afastado de suas atividades por ordens médicas, ele prestigiou “seus jovens”, e falou que eles são como estrelas naquela noite de democracia.

Maycon relembrou que quando se colocou a disposição para ser presidente, se sentiu acuado por ter responsabilidade de dar continuidade a um trabalho tão lindo, rico e bem feito que teve a sua frente por dois anos a dinâmica Valéria Evangelista. Porém, quando começou recebeu apoio incondicional da colega de vereança Marlene Lima e dos servidores Carlos Castro e Dr. Guilherme procurador legislativo, quem chamou de anjos.

“Estar a frente de um projeto de tamanha magnitude é desafiador, porém, estar no meu meio, meio de jovens, de sonhadores, de possíveis formadores de opinião e principalmente, estar no meio de gente da gente, me faz crescer, acreditar e principalmente não deixar morrer em mim a certeza de que somente através da educação é possível a construção de um mundo melhor, de um Brasil melhor, de uma Três Pontas melhor”, discursou.

O tema, segundo o presidente da Escola, veio de encontro com ele e suas ideologias e remete a importância de se ter cidadãos no futuro, mais conscientes, mais preparados e com maior espírito de liderança e também de escolha. Na visão dele, a geração atual é matéria-prima da sociedade futura, que será governada pela filosofia de educação que formou sua liderança. Além disso, Maycon que também é professor, entende a educação como processo de desenvolvimento de uma vida para atingir seu pleno potencial, no serviço ao próximo e no cumprimento do propósito de Deus.

Em seu pronunciamento, ele não deixou de se manifestar pela tristeza de ouvir colegas críticas ao projeto que tanto agrega jovens. Pois a Escola do Legislativo é a base para formar cidadãos capazes de representar fielmente. A ajuda financeira de colegas, como Marlene, Benício, Flavão, Robertinho, Coelho, Érik, Sérgio entre outros, foi fundamental para confeccionar as camisetas que os jovens vestem.

Na medida do possível, eles tem recebido apoio da Câmara para as atividades. Ano passado foi aprovado no Orçamento do Poder Legislativo R$50 mil, mas até hoje a Escola não conseguiu utilizar nenhum centavo.

Alguns daqueles que sucederam falaram das críticas feitas ao Parlamento Jovem, mais uma vez pelo vereador Antônio Carlos de Lima (PSD), durante a sessão ordinária desta segunda-feira (26).

O procurador Legislativo e diretor da Escola Dr. Guilherme Ribeiro Oliveira acrescentou que apesar das críticas e das dificuldades, a Escola irá continuar por causa dos jovens.

Quem foi muito aplaudida ao ser anunciada para ocupar uma cadeira do Plenário, lugar que ocupou no mandato 2013/2016, foi Valéria Evangelista Oliveira. É dela todo o mérito pela instalação do projeto em Três Pontas, que ganhou destaque na região e trouxe no seu lançamento no final de 2014 uma comitiva de Brasília. Valerinha disse que ficou triste ao ouvir as críticas, mas pediu que os próprios jovens não deixem que algo inesperado aconteça.

A vereadora Marlene Lima Oliveira (PDT), não dormiu ao ouviu críticas duras à formação política promovida pelo PJ. Só assim, será possível formar cidadãos conscientes e exercer mandatos longe da corrupção.

Para o ex vereador de Varginha e servidor público Sérgio Takeishi ressalta que a educação é a mola mestra para o desenvolvimento sócio cultural do país e a Escola do Legislativo cumpre fielmente o seu papel de formar cidadãos politicamente corretos.

Uma visita ilustre que a Escola do Legislativo recebeu foi de Eliene Pereira de Oliveira é tradutora e interprete de libras. Faz parte do Polo Noroeste de Minas do Parlamento Jovem de Minas 2017, na cidade de Unaí (MG). Na Tribuna e uniformizada, popularmente conhecida por “Abençoada”, ela enfrentou 15 horas de viagem para prestigiar o evento e foi recepcionada na casa do vereador Maycon e recebeu o carinho de toda família do parlamentar.

O presidente da Associação Comercial e Provedor da Santa Casa de Misericórdia Michel Renan Simão, destacou a importância dos jovens participarem das decisões na política, para que as gerações futuras se despontem e façam valer seus direitos que devem ser cobrados na Câmara de Vereadores, onde se faz as leis e onde as mudanças devem surgir.

Mãos a obra

O Plenário foi ocupado então pelos jovens que abriram a sessão de votações e de forma bastante participativa iniciaram o ato democrático. Apesar de esgotarem os estudos, alguns deles fizeram questão de debaterem a inclusão da política na sala de aula, provocando uma interação com a sociedade na formação dos jovens. A atuação deles com tamanha habilidade, com o microfone, o parlamento e principalmente o conhecimento em elaborar as propostas chamaram a atenção.

A Câmara Municipal já deu início ao recrutamento de monitores que serão responsáveis por ajudar a trabalhar o conteúdo a ser desenvolvido ao longo dos próximos meses. Estes monitores passaram por um curso introdutório que servirá de preparação para ingressar no projeto; este curso é obrigatório.

Presenças

Participaram da Plenária Municipal e ocuparam as bancadas o vereador que preside a Escola em Santana Vargem, Luiz Felipe Mendonça Rodrigues (PSL), o procurador e coordenador Felipe Tomé, o diretor da Escola de Varginha Robson Souza, a professora representante da Escola Estadual Jacy Junqueira Gazola Vânia Aparecida, a Professora Vilma Scalioni Moreira, o vereador Geraldo José Prado (PSD) e a palestrante Ângela Silva.

O deputado estadual Carlos Pimenta (PDT) enviou ofício parabenizando pelo Parlamento e felicitando os jovens pelas decisões em prol da boa política.

O PJ

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto realizado pela – Assembleia Legislativa do Estado (ALMG), por meio da Escola do Legislativo, em parceria com a PUC/Minas.

Em 2016, estava presente em 43 municípios, mas já são 65 municípios em toda Minas Gerais. Fomos divididos em 12 Pólos e Três Pontas pertence ao Pólo Sul de Minas III.

Temas importantes são debatidos na Escola

O Parlamento Jovem (PJ) chegou em Três Pontas em 2015 o projeto trabalhou o tema “Segurança Pública e Direitos Humanos”; em 2016 o tema foi “Mobilidade Urbana” e nesta edição trabalha com o tema: “Educação política nas escolas”.

Segundo o cronograma de trabalho, a divulgação direta nas instituições de ensino aconteceu entre os dias 14 e 17 de fevereiro. As oficinas começaram dia 03 de março e o trabalho foi concluído com a plenária municipal.

Na etapa regional que acontecerá em duas fases: a primeira fase (os grupos de trabalho) será em 11 de agosto, o dia todo em Varginha. E a segunda fase, (Plenária Regional) será em 23 de agosto a partir das 14 horas em Três Corações.

A fase regional, promove o encontro de jovens de todo o Estado na Assembleia Legislativa no dia 26 de setembro em Belo Horizonte.

COMPARTILHAR

Comentários