Francisco Henrique Araújo não teve o pedido de prisão temporária prorrogada feito pelo MP

 

A Justiça prorrogou nesta sexta-feira (18), a prisão temporária por mais cinco dias, de quatro dos cinco investigados,  presos na Operação Trem Fantasma. Apenas Francisco Henrique de Araújo “Ique” teve o alvará de soltura emitido e foi liberado do Presídio no início da manhã deste sábado (19), quando venceu o prazo.

Em escutas telefônicas gravadas com autorização da Justiça, Francisco Henrique diz a uma funcionária que fizeram muito errado, ao supostamente lançarem no sistema as peças ou combustíveis em veículos que estão parados. Ele reclama que eles não sabem fazer ‘rolo’. “Já que é para ‘lança’ o trem de qualquer jeito, joga no carro que está andando, porque em caso de problema está nele, ou joga o abastecimento em máquina parada, ai num tem jeito, incompetência dupla…”

Continuam presos, o secretário de Transportes e Obras José Gileno Marinho, o secretário de Fazenda Roberto Barros de Andrade, o servidor Ralph Duarte Funchal e Nicésio Campos Silva.

Os cincos servidores foram presos na terça-feira (15), suspeitos de participar de um esquema fraudulento que desviava dinheiro público da Prefeitura de Três Pontas, através da compra de peças e combustíveis.

De acordo com as investigações do Ministério Público, 12 veículos e máquinas pertencentes à frota do município receberam peças e combustíveis, mesmo estando em desuso. O suposto golpe teria sido aplicado em 2017 e também neste ano.

A Operação também apreendeu computadores, documentos, celulares, quatro armas de fogo e munições e decretou a prisão temporária dos cinco investigados.

O trabalho de investigação está sendo comandado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), núcleo Varginha e começou a quatro meses, após representação feita pelo vereador Roberto Donizetti Cardoso (Progressista).

Servidores foram exonerados

Os cincos servidores que estão sendo investigados foram todos exonerados. A informação é da Assessoria de Imprensa da Prefeitura, que confirmou que o vice prefeito Marcelo Chaves Garcia acumula a Secretaria de Agropecuária, que até então estava no comando de Gileno Marinho. O servidor efetivo Agnaldo Gomes Corrêa foi nomeado pelo prefeito Dr. Luiz Roberto Laurindo Dias, o secretário de Fazenda. O prefeito ainda não se pronunciará sobre o caso.

COMPARTILHAR

Comentários