Na foto, a esquerda, o menor que incendiou a escola de 17 anos e o outro também conhecido da PM de 16 

Um dos menores que incendiaram a Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira, foi apreendido na tarde deste domingo (30).

De acordo com a Polícia Militar, dois menores de 16 e 17 anos correram quando avistaram uma viatura da PM que fazia patrulhamento no bairro Philadélfia. Os militares viram quando eles jogaram uma arma em um terreno baldio. A dupla foi abordada e a arma era uma garrucha calibre 22 com uma munição intacta. Foram apreendidos com eles também dois aparelhos celulares e R$10 em dinheiro.

Ambos já são conhecidos da polícia e foram levados para o Quartel da PM onde foi registrado o boletim de ocorrências e em seguida foram liberados. A polícia informou que um deles, o que participou do incêndio no estabelecimento educacional, estaria usando a arma para fazer ameaças.

dsc01709O adolescente de 17 anos é dos quatro menores que participou do incêndio da Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira no dia 1º de junho deste ano. O caso que ganhou repercussão em todo o Estado, gerou revolta nos moradores. O fogo destruiu boa parte do prédio e deixou alunos sem aulas. No mesmo dia, todos os menores com idade entre 15 e 17 anos foram identificados e apreendidos pela PM. Eles ficaram apreendidos no Presídio de Três Pontas, mas acabaram soltos quatro dias depois.

O menor que foi apreendido neste domingo não poderia estar na rua. Uma Medida Cautelar determina que ele não saia de casa.

COMPARTILHAR

Comentários