O prefeito Luiz Roberto Laurindo Dias (PSD) vai se pronunciar em entrevista coletiva, na tarde desta quarta-feira (31) sobre a recomendação feita à Prefeitura pelo Ministério Público, de cancelar o Carnaval deste ano em Três Pontas em Santana da Vargem.

O documento que faz a recomendação aos prefeitos, foi expedido no último 30 de janeiro e diz que o objetivo é que a crise econômica não prejudique os municípios. Em nota, os promotores de justiça responsáveis afirmaram que “cotidianamente, chegam ao Ministério Público diversas e importantes demandas da população de Três Pontas e Santana da Vargem, como disponibilização de vagas suficientes em creches, fornecimento de serviço de transporte escolar adequado, fornecimento de medicamentos e exames e realização de obras públicas necessárias. No entanto, muitas delas não estão sendo atendidas pelo Poder Público ao argumento da falta de verbas. As deficiências dos serviços públicos prestados pela Assistência Social e pela Saúde foram verificadas pelos próprios membros em vistorias e inspeções”.

Ainda segundo a promotoria, foi constatada na Farmácia Municipal de Três Pontas a falta de 47 medicamentos, sendo que, apenas em 2017, foram realizados pelo Ministério Público 138 atendimentos de cidadãos noticiando falta de medicamentos, atendimentos médicos e cirurgias. A promotoria ainda afirmou que a Santa Casa da cidade de Três Pontas precisa de ajuda financeira para permanecer de portas abertas.

 

Prefeitura através da Assessoria de Comunicação informou aos veículos de comunicação da cidade, que o gestor, irá explanar as decisões tomadas que envolvem o Carnaval 2018, no gabinete as 15:30.

COMPARTILHAR

Comentários