Moradores ficaram sem água neste sábado (27), por conta de um rompimento da rede no sistema Sete Cachoeiras por três dias consecutivos. Quem reside nos bairros mais altos e tem as residências abastecidas por esta central teve que esperar a equipe de manutenção resolver o problema. As casas dos bairros Philadélfia, Ponte Alta I e II por exemplo são pontos que foram atingidos com a falta d’água e em alguns pontos ficaram cerca de 48 horas

Enquanto isto, ninguém dava notícias do que havia acontecido. Moradores ligaram nos telefones do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), o que era atendido o funcionário não dava informação e não tinha previsão da volta da água. A única informação passada à Equipe Positiva é que o rompimento aconteceu três dias consecutivos e quando o problema é resolvido, até a água chegar nas casas demora.

Um motorista que passava pela MG 167, enviou imagens de uma máquina da autarquia que estava trafegando na rodovia, sentido Varginha, provavelmente indo para o local onde houve o rompimento da tubulação. Dezenas de moradores ligaram para a redação, mas o contato com o SAAE estava difícil até para quem buscava ajudar, informando a população.

COMPARTILHAR

Comentários