Morreu na noite desta quarta-feira (1º), o adolescente Pedro Augusto Sacho 17 anos que se envolveu em um acidente no início da manhã do dia 22 de janeiro, no bairro Francisco Vieira Campos.

“Pedrinho Roy” como usava em uma rede social e era conhecido, estava na garupa de uma moto que era pilotada por Igor Henrique Araújo de Oliveira de 20 anos. Eles desciam a Rua Luiz Antônio Ribeiro sentido ao centro, quando o condutor perdeu o controle da direção e bateu em um poste de sinalização de trânsito que fica próximo ao cruzamento da Avenida Conceição Queiroz Marinho. Com o impacto, o veículo partiu ao meio e ambos foram lançados ao chão.

Moto onde Pedrinho estava na garupa. Foto: Arquivo – EP

Pedrinho não usava capacete, sofreu diversos ferimentos, principalmente na cabeça, foi socorrido em estado grave pelo SAMU para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Três Pontas e, depois transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Francisco de Assis.

A moto que eles usavam é de trilha e não estava cadastrada no Detran e por isto foi apreendida. A Perícia da Polícia Civil esteve no local e vai apurar as causas do acidente.

O corpo de Pedro Augusto será levado ainda esta noite para o Velório Municipal.

Pedrinho na Paraíba, onde disputo a fase nacional dos Jogos Escolares. Foto: rede social

Bom de bola e apaixonado pelo futebol

O adolescente era muito querido e uma promessa do futebol. Pedrinho estudava na Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira, onde cursava o 1º ano do 2º grau e integrava o time de futebol de salão masculinho da escola.

O atleta disputou todas as fases dos Jogos Escolares e foi para a fase nacional em João Pessoa (PB) em novembro do ano passado. Ele jogava como pivô e vestia a camisa 9. A equipe jogou todas as partidas, mas foi eliminada. A competição serviu para reforçar ainda mais a amizade dos integrantes do time.

A Equipe Positiva tentou falar com o professor de Educação Física Gabriel de Brito (Bibi) que acompanhou os atletas à Paraíba, mas muito abalado ele não conseguiu falar.

Ele chegou a treinar no Três Pontas Atlético Clube (TAC) e tinha um bom desempenho. Não foi aproveitado por opção do treinador. O adolescente também integrou equipes que disputaram a Copa Futsal do Trabalhador.

Foto: Rede social

 

COMPARTILHAR

Comentários