Foto: Divulgação

Celso Kalefi de 52 anos morreu na tarde deste sábado (08) em Belo Horizonte. Ele estava internado no Hospital João XXII desde o fim do mês de janeiro, depois que a casa onde ele morava no bairro São Luiz pegou fogo em Santana da Vargem.

Ainda não se sabe se foi Celso quem teria provocado o incêndio. Na época, houve a suspeita de um possível vazamento no botijão de gás e quando o morador foi acender um cigarro teria acontecido uma explosão, mas apenas os móveis de um dos quartos que estava trancado é que foi todo destruído. Cama, computador, sofá e objetos foram todos consumidos pelas chamas combatidas pelos próprios moradores.

O que chamou a atenção do Corpo de Bombeiros de Varginha que esteve no local, é que na cozinha onde estava o botijão não há nenhum sinal de fogo, mas todo o telhado veio abaixo. Quando o incêndio começou Celso estava em casa. Ele fazia o uso freqüente de bebidas alcoólicas. No banheiro a Polícia Militar encontrou papeis queimados. Ele teve queimaduras em todo o corpo, foi socorrido para o Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Três Pontas e depois transferido para Belo Horizonte em estado grave, mais não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi levado para Santana da Vargem onde está sendo velado e será sepultado.

Jornal da equipe positiva

casa 1

 

casa 2

COMPARTILHAR

Comentários