Um engenheiro de 49 anos foi preso na noite deste domingo (14), após perseguição policial pela rodovia MG 167, entrando em uma boate, entre Três Pontas e Santana da Vargem.

A Polícia Militar Rodoviária Estadual recebeu informações, de que um motorista estava dirigindo pela rodovia de forma perigosa e que poderia estar embriagado. Foi feito rastreamento pela rodovia atrás do carro, um Fiat Pálio Adventure com placas de Boa Esperança e acionado o cerco em Três Pontas.

O motorista fugiu do cerco feito no trevo e seguiu em alta velocidade pela em direção a Santana da Vargem. O condutor não obedeceu a ordem da parada, houve perseguição e a Polícia só conseguiu abordar o motorista, quando ele entrava em uma boate, fica as margens da rodovia, entre Três Pontas e Santana da Vargem.

Com sintomas e sinais visíveis de embriaguez, Giovani Carvalho Ferreira, revelou que estava bebendo em um bar em Varginha desde as 14:00 horas. Ele aceitou fazer o teste do bafômetro e as contraprovas que constataram a embriaguez.

A carteira de habilitação e o CRLV do veículo foram recolhidos e o carro foi apreendido. Giovani Carvalho foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Varginha.

COMPARTILHAR

Comentários