Denis Pereira – A Voz da Notícia

É cada vez mais comum encontrar mulheres em posições de topo ou com cargos de chefia, dentro das mais diferentes empresas, que, juntamente com o seu desempenho, trazem um abrangente leque de mais valias para a empresa em que trabalham.

A maior parte das mulheres de hoje gere, simultaneamente, uma carreira e uma casa e consegue obter resultados tão bons ou melhores que qualquer homem que se move pelo meio empresarial. Aliás, as diferenças entre ambos têm-se vindo a esbater cada vez mais.

É cada vez mais sabido que o empenho, a competência ou a dedicação são características de um bom trabalhador e que vão para além da mera questão sexual. São componentes como o empenho, a criatividade, a responsabilidade ou o esmero que distinguem um bom trabalhador. Mas também é de realçar que são cada vez mais as mulheres quem mais se destaca num mercado de trabalho sempre mais competitivo e feroz.

Mas analisar e encarar apenas como significativa a presença de mulheres em lugares de topo acaba por não ser justo para as milhares de mulheres. Antes, cargos públicos eram apenas homem. Ao longo dos anos elas foram quebrando tabus.

Em 2001, Adriene Barbosa de Faria Andrade chegou ao cargo maior de Chefe do Executivo em Três Pontas. Pela primeira vez, uma mulher ganhou as Eleições. Há um ano, foi elevada a presidência do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCMG). Em 2009, uma mulher foi vice do candidato a prefeito de Dr. Glimaldo Paiva. Luciana Ferreira Mendonça assumiu a prefeitura depois que Glimaldo faleceu, três meses após sua posse. Ela governou até o fim de 2012 e nos seus discursos sempre destacava a força da mulher, espelhando sempre na sua madrinha política Adriene Andrade.

Este é o mandato em que elas mais ganharam espaço. Das 11 secretárias, três estão com sob o comando de mulheres. Na Fazenda está a servidora efetiva Giselle Oliveira Azevedo. Na Administração é outra servidora de carreira, Evânia Maria Rocha Moreno e na Assistência Social a primeira dama Maria de Fátima Rabello. Sem falar que outros cargos importantes da atual Administração são elas que dirigem. É o caso do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, que tem o comando da engenheira sanitarista Marisa Cainelli Basílio de Brito. Quem comanda o gabinete do prefeito é outra figura feminina, Viviane Rabelo de Abreu Dias. Na Câmara de Três Pontas foram eleitas duas vereadoras – Alessandra Sudério e Valeria Evangelista. A Secretaria de Cultura chegou a ter Débora Andrade no comando, mas ela a pasta se juntou novamente a Educação com o vice prefeito Érik dos Reis e ela está na Chefia da Divisão de Cultura. Outro cargo fundamental é na direção do IPREV que está na batuta de Sonia Maciente.

Em Santana da Vargem elas estão em três pastas fundamentais, resolvendo os piores problemas do município – Educação, Assistência Social e Saúde. Na Secretaria de Educação a professora Silvia Helena Teodoro da Silva. A primeira dama Sandra Aparecida Souza tem a missão de dirigir a Assistência Social e na Saúde Jorgelane Talma Caires Miranda foi promovida no início do ano a secretária de um setor que o prefeito Vitor Elói vem dando prioridade. Sem falar que a Presidente da República é Dilma Rousseff é a primeira mulher a governar o Brasil.

A ideia de que o lugar das mulheres é atrás do fogão ou do tanque já é mais do que ultrapassada e o sexo feminino tem dado cartas em todos os setores da vida e da sociedade.

destaque elas

COMPARTILHAR

Comentários