Os radialistas são daqueles que tem mais tempo no rádio. Acompanham e noticiam desde então, que um sacerdote campanhense, que aportou em Três Pontas em 1852, ainda é lembrado, referenciado pela sua dedicação a igreja e aos fiéis, principalmente os mais pobres.

Os padres que sucederam Padre Victor, que hoje estão nas paróquias D’Ajuda, Aparecida e Cristo Redentor ocupam o lugar que foi dele, são testemunhas vivas de que Ele é exemplo a ser seguido. Alcançar tudo o que o padre negro conseguiu é apenas pretensão, mas a coragem e desafios neste momento, é fazer com que os devotos de Três Pontas e de todo o Brasil, que irão aportar neste sábado (14), no Aeródromo Municipal na terra que o padre adotou se sintam bem e vivenciem este momento único que vai ficar marcado, na história, na memória e no coração.

Radialistas e padres se juntaram a outras personalidades na noite desta segunda-feira (10), para receberem em sessão solene Moção de Congratulações e Aplausos da Câmara Municipal, que reconhece o trabalho destes vocacionados e profissionais.

São eles – “O mais amigo” Ruy Quintão, o voz possante da 99FM radialista Francisco de Paula Vitor Barros e o “Meninão” radialista, narrador esportivo e colunista, Milton Gama. Eles foram indicados pelos representantes do povo e receberam a honraria no Plenário Presidente Tancredo Neves, rodeados por familiares, companheiros, amigos, admiradores e fãs.

Juntos os três eles somam 113 anos de dedicação ao rádio. Curiosamente todos estes acordam os trespontanos e sulmineiros, cada um a sua forma, com brincadeiras, bordões e maneiras diferentes, mas que cativa os radiouvintes, seja pelo bom dia, pelas modas e canções sertanejas ou simplesmente pela informação da hora ou das notícias da manhã.

Ruy Quintão é a lenda viva da rádio difusão e não abandona o seu AM. Apesar de estar com 87 anos de idade, acorda todos os dias pouco depois das 3:30 da madrugada para fazer o Alvorada Sertaneja que começa as 5:00 da manhã na Rádio Três Pontas AM, há 57 anos, comemorados em outubro deste ano. Sem falar na vida pública, como vereador e sua dedicação a eventos artísticos, culturais e esportivos como as saudosas exposições agropecuárias, os encontros de Companhias de Reis e as transmissões esportivas dos jogos do TAC.

Chico Barros é outro excelente exemplo de dedicação, amor e amizade ao rádio, seus companheiros e ouvintes. Foi o primeiro locutor da Rádio Sentinela FM, inaugurada no dia 23 de setembro de 1987. Ele está no ar até hoje ininterruptamente com o Sentinela Rural e no horário do almoço com o Sentinela Informações.

Milton Gama é “pau para toda obra”, do jornalismo no rádio, no jornal impresso e nas transmissões esportivas. Começou com Silvano Alves na década de 80 nas transmissões esportivas do Três Pontas Atlético Clube (TAC), não parou quando o time morreu, se mantém nos estádios de futebol, sempre com emoção, seja no amador ou profissional, em Três Pontas, Varginha ou em qualquer lugar que o convocarem. E ainda tem tempo para no domingo cedinho, apresentar um programa sertanejo na Sentinela.

Os padres Ednaldo Barbosa, Rogério Augusto da Silva e André Rodrigues Villas Boas, das paróquias Nossa Senhora D’Ajuda, Cristo Redentor e Aparecida, também foram reconhecidos pelo trabalho pastoral que fazem, por serem pais espirituais, cuidarem das pessoas, conduzindo de forma exemplar e com muito amor a comunidade católica da cidade, dedicando-se sem limites e de forma amorosa à missão de evangelizar e ao trabalho social com alto espírito empreendedor, ajudando e promovendo a integração Igreja – comunidade.

A Câmara até demorou para homenageá-los já que o Dia do Sacerdote foi comemorado em 04 de agosto, data da festa de São João Maria Vianney.

Os radialistas e sacerdotes propagaram a cobertura jornalística e o fato extraordinário da beatificação do Venerável Padre Victor que irá acontecer com uma multidão em Três Pontas.

Outras personalidades que receberam o reconhecimento do Poder Legislativo trespontano foram – a Associação de Atletismo Trespontana, o Chefe do Núcleo de Administração e Finanças do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Três Pontas (IPREV), Geraldo Gabriel de Azevedo; o Chefe do Setor de Trânsito da Delegacia de Polícia Civil Marco Antonio Antunes e o fisiculturista Thiago de Castro Piedade e o coordenador do curso de Administração da Fateps Professor Thaylor Rodrigues Duarte, pelos 50 anos da regulamentação da profissão de Administrador no Brasil, comemorado em 09 de setembro.

COMPARTILHAR

Comentários