Sebastião Lúcio é escolhido Pai do Ano do Lions

0

 

O Lions Clube de Três Pontas elegeu em 2018, Sebastião Lúcio de Mesquita, o Pai do Ano. Ele nasceu na Fazenda Capetinga, em Boa Esperança, é filho de Sebastião Mesquita e de Jandyra Vaz Tostes Mesquita. Lá viveu apenas até os seis anos de idade juntos aos pais e aos irmãos Maria Leônia, Alexandrina, Madalena, Fernando, Paulo e Francisco.

Tião Lúcio, como é chamado pelos amigos, iniciou seus estudos já em Três Pontas, na Fazenda Toca e completou o primário na Escola Estadual Cônego Vitor, mas na época já ajudava o pai em seus afazeres.

Com 10 anos, incerto de sua vocação, iniciou o curso ginasial, como seminarista, no Colégio Caxambu, em Caxambu (MG) e posteriormente no Instituto Padre Machado em Belo Horizonte (MG). Naquela época segundo Tião Lúcio, os meninos ou iam para o Seminário ou para o Colégio dos Irmãos. Ele foi com a intenção de ser padre, mas bastante imaturo, sem saber a seriedade que é seguir esta vocação. Quando viu que não era este o caminho a seguir, logo saiu. Mas ele não se arrepende destes seis anos, seu ingresso ao Seminário, foi fundamental para sua formação cristã. Ao sair, continua até hoje participando da vida da igreja em Três Pontas e, faz questão de ir na missa todos os sábados e as segundas-feiras no Terço dos Homens, na Matriz d’Ajuda. Mesmo tantos anos depois, ele corresponde com jovens vocacionados daquela época através das redes sociais, que se formaram padres na congregação que ele estudou. Hoje participa das pastorais litúrgicas, familiar e da acolhida. 

Voltou para Três Pontas, com 16 anos, trabalhou na Loja Ouro Verde e a noite, estudava na Escola do Comércio Nossa Senhora D’Ajuda, tornando-se Técnico em Contabilidade. Cursou letras em Varginha e foi professor de português e inglês por alguns anos na Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira. Trabalhou no Banco do Brasil durante 22 anos onde se aposentou, mas não parou. Foi sócio proprietário da Farmácia Ipiranga durante 10 anos e de uma fábrica de velas.

Aos 18 anos iniciou o namoro com Iracy Dixini Tempesta que se tornou sua esposa cinco anos depois. Desta união matrimonial nasceram três filhos: os dentistas Lanner e Gleisson e a oficial de apoio judiciário Lucira. Estes lhes deram mais três filhos, que são as noras Millena e Tarcila e o genro João Paulo.

A maior alegria de Tião Lúcio é cuidar dos seus seis netos: Breno, Valentina, Beatriz, Antônio, Carolina e a Marina que vai nascer em novembro, mas já recebe muito carinho dos avós, mesmo ainda na barriga da mãe Lucira. Depois de cuidar muito bem dos filhos, a sua maior dedicação é com os netos, que fazem parte do seu dia a dia do avô. Ele acorda cedo, leva na catequese, nas aulas de balé, judô, sapatiado, na escola e faz ainda serviços bancários dos filhos e ainda cota e faz a compra os medicamentos deles. “É uma satisfação completa minha poder cuidar dos meus netos. As vezes a gente fica bravo em algum momento, mas eles são a alegria aqui de casa”, comemora. Eles estão sempre na casa do avô e todas as sexta-feira, Tião Lúcio e Iracy dormem com todos os netos para que os filhos aproveitem um pouco.

Marido dedicado, pai exemplar, diligente no cuidado com os filhos, amoroso com os netos, o homenageado avalia que nos dias de hoje é mais difícil cuidar e criar um filho do que antigamente. “Hoje se tem muito mais facilidade para adquirir as coisas, mas tem muitas dificuldades para induzir as virtudes nas crianças. Elas não tem a percepção que a gente tinha. O pai ou a mãe olhava para o filho e você já sabia o que ele queria, nem precisava falar nada. Hoje é preciso ter um “jogo de cintura” enorme. Tião Lúcio busca transmitir aos filhos e netos, através de seu exemplo, uma educação de qualidade, baseada no amor cristão, na solidariedade.

Aso 69 anos, Sebastião Lúcio de Mesquita não imaginava ser homenageado e ficou assustado no primeiro momento quando recebeu a visita do presidente do Lions Claiton Maciente e de Vinícius, Magnólia, Clóvis e Cleber. “Falei para eles que tinha tanta gente para ser homenageado, mas fiquei feliz por este reconhecimento”, disse. Isto demonstra que o homenageado soube trilho o seu caminho cotidiano não economizando fé, amor, honestidade, como um cristão católico autêntico, no seguimento ao Mestre. Nas dificuldades busca soluções, na alegria chora de emoção, ou como um bom contador de piadas, conta boas histórias e vive uma vida dedicada à família.

Ele foi homenageado neste sábado (11), na missa das 18h30 minutos na Matriz Nossa Senhora D’Ajuda e na segunda-feira (12) participa na Câmara Municipal de Vereadores, da solenidade de homenagem aos pais as 19:00 horas.

Chuvas mal distribuidas podem refletir na produção de café de 2019

0

 

As chuvas mal distribuídas no início do ano, vão refletir nas lavouras de café de Três Pontas na safra de 2019. Houve localidades que choveu dentro da normalidade e na média esperada, mas em outras não foi bem assim. Entre janeiro e fevereiro, de acordo com o diretor técnico industrial da Cocatrel Francisco de Paula Vitor Miranda, em algumas propriedades chegou a chover até 400 milímetros em outras 180.

A partir de fevereiro, as chuvas diminuíram de uma maneira geral, no mês seguinte choveu bem abaixo da média esperada, em abril muito pouco e maio quase nada. Na avaliação de Francisco de Paula, os locais que receberam mais chuva passaram relativamente bem. Na outra vertente, onde choveu menos, de março a maio, a seca foi se acentuando. Neste período do ano, entre junho e agosto, a falta de chuva assusta alguns produtores de café, porém, o tempo é de seca mesmo e é normal não chover, mas os pés de café estavam sentindo.

O reflexo da falta de chuva foi a indução à florada antecipada, o que deve ocorrer já nesta próxima semana. Se isto é favorável, vai depender do que acontecerá daqui em diante e dos cuidados que o produtor irá tomar. A florada deveria acontecer daqui a 30 dias, a partir de meados de setembro, mas está acontecendo agora, atrapalha a lavoura onde ainda não terminou a colheita, ainda tem grãos nos pés e não irá fazer o esqueletamento, porque tem potencial de boa colheita em 2019. Um tanto destas flores serão jogadas fora, mesmo que a panha seja manual ou mecanizada.

Se a chuva parar novamente daqui para frente, pode atrapalhar o pegamento desta florada e pode acontecer o aborto destas flores. Isto pode provocar, uma produção de café desigual no ano que vem. O produtor pode ver na sua lavoura grãos bastante verdes e grãos bastante maduros. “A florada antecipada de agora vai representar 30% da principal florada e se na próxima for realmente 70%, haverá frutos desiguais e a qualidade tende a ficar prejudicada em vista desta desigualdade”, alertou o diretor da Cocatrel.

As chuvas destes últimos dias normalizaram a situação. Em algumas localidades chegou a chover 40 milímetros, somando o volume mais alto na sexta-feira (03).

Neste momento o produtor que tem um bom potencial de colheita para o ano que vem, deve fazer uma adubação antecipada, já de imediato, com produto a base de nitrato, cuidar das foliares, pré e pós florada, com produtos específicos para isto e torcer para chover, orientou Francisco.

Porém, se chover atrapalha a varrição do café que está no chão e a perda da qualidade é enorme. As vezes o produtor chega a não conseguir recolher o café que caiu no chão. É preciso que esteja bem seco, se não, nem manual ou mecanicamente é possível fazer a varrição. A quantidade de café que cai depende muito da condição que cada cafeicultor tem para a sua colheita. “Quem tem uma colheita eficiente a tendência é diminuir. Quem não tem maquinário e não faz a colheita na hora certa, falta estrutura de colheita e secagem, a tendência é a qualidade cair e ter mais café no chão”, pontuou.

Em relação a este ano, a qualidade do café deste ano está fantástica, como a muitos anos não se via. Porém, o tamanho do grão, a chamada “peneira”, está baixa e atrapalha um pouco o rendimento. Com isto, é preciso mais medidas para fazer uma saca, principalmente nestas áreas onde faltou chuva e foram mais prejudicadas.

Polícia registra mais dois furtos de cafés em fazendas

0

 

A Polícia Militar registrou mais dois furtos de café em duas propriedades rurais de Três Pontas, na quarta-feira (08).

Na Fazenda do Cedro, por volta de 5:30 de manhã foram levados do terreiro de café, aproximadamente 100 sacas de café não beneficiadas. Criminosos arrebentaram dois cadeados da porteira principal para entrar na propriedade. Um vizinho que saia por volta das 5:30 da manhã, para levar o filho na escola viu uma luz vindo do local, mas imaginou que fosse o dono da fazenda que havia chegado.

A noite na Fazenda Experimental da Epamig, que fica as margens da MG 167, entre Três Pontas e Santana da Vargem, criminosos foram até secador da propriedade, arrombaram um cadeado que dá acesso a tuia onde havia um caminhão com a carroceria cheia de café, ensacaram cerca de quatro sacas e furtaram. Em nenhum dois casos a suspeitos do crime. A Polícia Civil investiga os casos.

Farmácias que estão de plantão

0

 

Drogaria Natus Farma – Praça Tristão Nogueira, 112 – Centro. Telefone 3265-2898

Farmácia Biopharma – Avenida Ipiranga, 22 – Centro. Telefone: 3265-2516

2 NOTAS DE FALECIMENTOS sábado 11 de agosto

0

 

Faleceu João Erotides Torres, mais conhecido por Zito Torres. Ele residia na Rua Francisco Vieira Campos 604, no bairro Catumbi. O corpo está sendo velado no Velório Municipal e o sepultamento será hoje as 14 horas.

Faleceu Sebastião Luiz dos Reis Campos, filho do Joaquim da Quiquita. Ele residia na Avenida Ipiranga 536, no Centro. O corpo está sendo velado no Velório Municipal e o sepultamento será hoje às 17 horas.

De novo ele: Andrezinho é suspeito de arrombar e furtar em salão de beleza

0

 

Andre Luis Alves de Almeida, o Andrezinho de 27 anos, é o principal suspeito de cometer mais um crime de furto no bairro São Vicente, na noite desta quinta-feira (09), em Três Pontas.

O alarme de um salão de beleza foi acionado por volta das 23h40 minutos, mas a proprietária não foi ver o que seria e nem acionou a Polícia Militar. A 00h15 um vizinho a informou que havia um vidro do estabelecimento que estava aberto. Quando a dona foi verificar, notou que alguém, usando algum objeto, conseguiu abrir a janela e entrou no salão. Lá de dentro furtou R$200 em dinheiro e uma prancha alisadora.

Ao verificar as imagens do circuito interno de segurança, os policiais militares identificaram Andrezinho como suspeito. Do lado de fora, um outro suspeito ficou em uma garagem ao lado. A Polícia Militar fez buscas a fim de encontrar os suspeitos, mas ninguém foi preso.

Andrezinho vem cometendo furtos com frequência na cidade e tirando o sono de comerciantes. Na maioria das vezes, arromba portas e janelas de vidro, escala paredes e se arrisca para cometer o crime. Já foi preso algumas vezes e liberado por falta de flagrante, mesmo confessando a autoria.

PROGRAMA PASSANDO A LIMPO Andrezinho mais uma vez! Policia registra furtos de cafés em fazendas e as notícias do esporte

0

 

O Programa Passando a Limpo desta sexta-feira (10), está cheio de notícias. Começando pelo furto que o principal suspeito é Andrezinho. Na zona rural mais dois furtos de café foram registrados. No esporte tem notícias da Copa Libertadores, Brasileirão, Sulamericana e Taça EPTV de Futsal.

ASSISTA, PARTICIPE E COMPARTILHE!!!

Caminhonete é tomada de assalto na zona rural de Três Pontas

0

 

A Polícia Militar procura por três criminosos que assaltaram um agricultor de 81 anos, na tarde desta quinta-feira (09), na zona rural de Três Pontas.

De acordo com a PM, a vítima seguia em sua caminhonete na estrada vicinal que liga Três Pontas a Campos Gerais, quando próximo da Comunidade Padre Victor, foi fechado por dois veículos. Três homens encapuzados desceram e um deles armado com um revólver, lhe apontou a arma e anunciou o assalto. Um deles assumiu a direção do veículo e eles fugiram sentido a estrada que dá acesso às cidades de Campos Gerais, Santana da Vargem e Boa Esperança.

A PM foi chamada, acionou guarnições da região e através delas já tem suspeitos de terem cometido o crime. Um dos veículos utilizados no assalto foi visto em Boa Esperança, mas os policiais não conseguiram abordá-lo.

Até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.

Ministério Público investiga fraude fiscal de R$ 100 milhões em empresa de Boa Esperança

0

 

Ministério Público cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em uma operação que apura a fraude fiscal que chega a R$ 100 milhões em Boa Esperança (MG). O alvo da Operação Filho Pródigo, realizada na manhã desta quinta-feira (9), é a Hema Distribuidora, empresa atacadista da cidade.

Esta é a primeira fase da operação e, segundo o MP, a empresa do Sul de Minas é a principal envolvida no esquema milionário de sonegação fiscal. As investigações, que começaram com a Receita Estadual, apontaram que o estabelecimento comprava mercadorias sem nota fiscal, com notas frias forjadas por uma filial em Goiás. A filial era uma empresa de fachada.

As mercadorias compradas, a maioria de bebidas, eram vendidas por preços abaixo do mercado. Os preços chamavam atenção de outras empresas concorrentes e várias denúncias foram registradas no Ministério Público e na Receita Estadual.

O MP apurou que o chefe da quadrilha de fraude seria o irmão do prefeito de Boa Esperança e diretor executivo da empresa Hema. Os mandados foram cumpridos na casa dele, de funcionários, sócios e um contador.

O esquema funcionou entre 2015 e 2017 e rendia cerca de R$ 1,5 milhão por mês aos envolvidos. Segundo o MP, a mesma empresa estaria envolvida em outras esquemas fraudulentos desde 2012.

Os alvos da operação devem responder por organização criminosa e sonegação fiscal. A pena para os crimes pode chegar a 10 anos de prisão.

Ao todo, participaram da operação do Ministério Público três promotores de Justiça, três delegados, 20 policiais civis e 30 auditores fiscais.

Leia a nota enviada pela empresa Hema na íntegra:

“Em resposta a notícia veiculada em 09 de agosto, pelos veículos de comunicação que envolve o nome da distribuidora, em investigação de suposta sonegação fiscal declaramos que iremos nos manifestar, assim que os fiscais da receita federal concluam a investigação. Até lá, a empresa reitera que suas portas estão abertas e a disposição da Justiça.”

Fonte: (G1 Sul de Minas)

ERRAMOS Seleção Trespontana perdeu para Monte Santo, mas joga hoje em casa

0

 

A Seleção Trespontana não conseguiu passar por Monte Santo de Minas, na noite desta segunda-feira (06), foi goleada por 5 a 1, em partida válida pela terceira fase da Taça EPTV de Futsal. A Equipe Positiva errou ao divulgar que o time já estava desclassificado.

O time chegou a terceira fase invicto na competição, mas ao jogar em Monte Santo e enfrentar atletas que disputam campeonatos profissionais em São Paulo, não conseguiu manter a invencibilidade. A seleção monte santense vinha empolgada depois de golear Perdões por 8 a 3 e agora segue as semifinais. 

O time do treinador Gabriel “Bibi” marcou somente no segundo tempo com Plínio.

Na noite desta quinta-feira (09), o time trespontano recebe as 21 horas São Sebastião do Paraíso, no Ginásio Poliesportivo Aureliano Chaves de Mendonça.