Os trespontanos se despediram da ex-prefeita de Três Pontas Adriene Barbosa de Faria Andrade, na manhã desta terça-feira (17), na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). O cortejo foi guiado por viaturas da Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária Estadual e da Guarda Civil Municipal e percorreu as principais vias de alguns bairros da cidade. O corpo chegou para o velório as 20:00 horas e veio em um carro funerário.

O trajeto durou cerca de uma hora e muitas pessoas que estavam em casa ou em estabelecimentos comerciais saíram nas ruas para dar o adeus à Adriene. As crianças do Centro Municipal de Educação Infantil Bem Me Quer se despediram acenando ao cortejo com bandeiras brancas. Alguns servidores da Prefeitura pararam em frente ao prédio e se despediram com uma salva de palmas. Era a última homenagem à primeira mulher que governou o município entre 2001 e 2004 e ganhou tanto destaque que chegou a presidir o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), cargo nunca ocupado por uma mulher. Assim, como foi a presidência da Associação Mineira de Municípios (AMM).

Nos veículos estavam familiares e uma grande legião de amigos que Adriene Andrade conquistou ao longo de sua vida pública, que teve seus primeiros passos na Apae. Sua dedicação e atuação em prol dos deficientes e mais humildes foi sua grande marca.

Do “trevo Padre Victor”, o cortejo pegou a rodovia MG 167 em direção a Boa Esperança, sua terra natal e onde seus familiares ainda residem, inclusive sua mãe Dona Dalma Barbosa, que permaneceu a maior parte do tempo ao lado do caixão da filha.

Em Boa Esperança, o Clube Dorense já estava preparado para receber a filha ilustre. Para lá também haviam sido enviadas dezenas de coroas de flores, assim como em Três Pontas. TV’s instaladas no velório mostraram em fotos, a felicidade que Adriene tinha de viver, principalmente ao lado dos filhos Diego e Bruna, que eram suas maiores paixões.

O governador Fernando Pimentel esteve rapidamente no velório em Boa Esperança

O governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) participou da uma cerimônia religiosa. Permaneceu no local por cerca de 20 minutos e depois foi embora. Ele destacou o trabalho de Adriene Andrade no TCE e lamentou sua morte. Compareceram também o cantor e deputado federal Sérgio Reis que é bastante amigo da família e o deputado federal Odair Cunha, vereadores, prefeitos, ex prefeitos e lideranças políticas da região, que cumprimentaram o marido de Adriene, o ex senador Clésio Andrade.

O cortejo do Clube Dorense até o Cemitério Municipal foi rápido. O corpo dela foi levado no caminhão do Corpo de Bombeiros e sob forte esquema de segurança, mas não houve problemas. Antes do sepultamento por volta de meio dia, foram realizadas mais homenagens.

Clube Dorense em Boa Esperança ficou lotado na despedida de Adriene em sua terra natal

Adriene lutava a oito contra um câncer de mama, mas a o tumor voltou a dois anos e meio. Ela morreu no início da manhã desta segunda-feira (16), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP) onde estava internada a oito dias.

COMPARTILHAR

Comentários