O momento é de comoção. Chegou o grande dia, está chegando a hora esperada e sonhada durante 22 anos. O bispo da Diocese da Campanha, Dom Diamantino Prata de Carvalho um dos mais entusiastas, que abriu o processo em 1.993, só tem palavras de agradecimentos a Deus, por esta dádiva que segundo ele é concedido por ser o Sul de Minas terra de santos e agora com Padre Victor, o primeiro padre negro do Brasil sendo elevado a honra dos altares. “Para Três Pontas, a região e o Estado é uma profunda alegria. E temos que a todos aqueles que ajudaram e ajudam, em especial as três paróquias da Cidade e a Associação Padre Victor, que tem se empenhado tanto para movimentar, agilizar e colaborar com esta história tão bonita que culmina com a beatificação”, afirmou Dom Diamantino

Com o título que oficialmente Padre Francisco de Paula Victor receberá hoje (sábado) a tarde, na cerimônia as 16 horas no Aeródromo Municipal (Aeroporto), Ele passa a ser venerado pela Igreja e pelos fieis. Por isto, ganhou um altar ao lado esquerdo do altar da 05Igreja Matriz Nossa Senhora D’Ajuda, a que ele mesmo ajudou a construir quando trabalhou em Três Pontas.

De acordo com Dom Diamantino, a novena realizada anualmente a partir do dia 14 de setembro, passa a ser a Novena de Padre Victor e o dia 23 de setembro, data de sua festa e não mais festa em comemoração a sua morte, como até este ano foi celebrada.

Em entrevista na última quarta-feira (11), quando os restos mortais de Padre Victor foram introduzidos no altar, Diamantino revelou que nos últimos dias não dá para se pensar em outra coisa a não neste fato extraordinário que vive a Diocese.

A última mensagem que deixou antes do ato de beatificação que será feito proferido pelo Cardeal Prefeito da Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano e representante do Papa Francisco, Cardeal Angelo Amato, é que “possamos vibrar, participar e nos encher de alegria, acolhendo bem os romeiros que vem do Brasil inteiro, demonstrando mais uma vez que Três Pontas é uma cidade generosa.

COMPARTILHAR

Comentários