Por Loui Jordan

Após se enfrentarem na rodada anterior, Flamengo e São Paulo entraram em campo neste sábado (21). Os times que estão na ponta da tabela, encararam rivais estaduais em clássicos. O Flamengo recebeu o Botafogo e o tricolor enfrentou o Corinthians no Morumbi, tudo isso pela 14ª rodada. Ambas equipes venceram e o rubro-negro segue líder com 30 pontos, um a mais que o São Paulo. O mais importante dessas vitórias preciosas, foi o empenho dos dois times.

Flamengo 2 x 0 Botafogo

Podemos dizer que o personagem do jogo foi Matheus Sávio, o meia atacante que jogou pelo corredor esquerdo do Flamengo, marcou um belo gol e participou diretamente do segundo. Não tem como dizer que ele não foi decisivo, mas não se engane. O time jogou bem, assim como Matheus, não foi uma atuação de gala. O Flamengo foi a campo com algumas modificações, a mais importante no meio-campo, Cuéllar entrou no lugar de Rômulo, o volante que estava no futebol russo foi questionado pela sua atuação na última quarta-feira diante do São Paulo.

O jogo foi decidido em 6 minutos, aos 4 e aos 6 saíram os gols flamenguistas. O primeiro, Matheus na ponta-esquerda, puxou para dentro e chutou meio cruzado, o lance surpreendeu até o goleiro Jefferson, que nada pode fazer, bola no ângulo, um lindo gol. No segundo, o mesmo Matheus cruzou para área, a bola parecia não ter encontrado seu destino, no bate e rebate, Paquetá foi inteligente ao ler a jogada e marcou dentro da pequena área.

O Botafogo que tinha feito um jogo de muitas oportunidades ofensivas criadas contra o Corinthians, até finalizou mais que seu rival. O problema é que não com a mesma precisão do que no duelo contra o time paulista. O time que recentemente trouxe o técnico Marcos Paquetá, terá que ajustar algumas coisas, começando pelo sistema defensivo que não é tão confiante como foi em alguns jogos da conquista do campeonato carioca. Os laterais perecem ser os que devem melhorar e balancear esse bloqueio ao lado dos zagueiros.

Ao líder da competição, basta a sabedoria de utilizar melhor Diego e não sobrecarregar a equipe com o posicionamento de Paquetá. O jovem talento, precisa saber usar seus recursos de energia durante um jogo, tudo bem, está dando muito certo. O problema é quando a defesa e o meio ficarem espaçados, devido a vulnerabilidade física que o atleta de 20 anos deixa após se desgastar com um ritmo intenso e acelerado.

São Paulo 3 x 1 Corinthians

O Tricolor contou com uma eficiente atuação no segundo tempo de seus jogadores. É isso mesmo, na primeira etapa, Arboleda para o São Paulo e Jonathas para o Corinthians, levaram perigo nos primeiros 45 minutos. O time do Corinthians não conseguia construir bem suas jogadas, mérito do time ajustado de Aguirre. O jogo também marcava a despedida de Rodriguinho, o meia que é destaque há dois anos no futebol brasileiro, trocou o Corinthians pelo Pyramids, do Egito. Pena que Rodriguinho não conseguiu se despedir com vitória, o atleta teve uma atuação apagada.

No segundo tempo o São Paulo foi letal e matou o jogo, utilizando muito das bolas paradas de Nenê. Anderson Martins de cabeça marcou, após escanteio cobrado pelo camisa 10 do Morumbi, o relógio marcava 10 minutos. Aos 24, Reinaldo desestruturou o Corinthians, após erro na saída de bola corinthiana, o lateral-esquerdo que atuou como um ala e muitas vezes como um extremo pela esquerda, teve duas chances com o gol sem goleiro, na segunda ele não perdoou, São Paulo 2 a 0.

O time coletivamente foi muito superior a equipe de Loss, o terceiro gol foi questão de tempo. Reinaldo marcou novamente após cobrança de escanteio. A bola sobrou para o destaque da partida que chutou. Cassio que teve uma esplêndida atuação contra o Botafogo, falhou e a finalização defensável não aconteceu, aos 36 da etapa final, o tricolor fazia 3 a 0. O Corinthians que já se via derrotado por todas as circunstâncias do duelo, diminuiu com o atacante Jonathas aos 45 minutos, já era tarde. O Corinthians teve uma atuação razoável de seus meio-campistas e faltou equilíbrio ao atacar o forte sistema defensivo alheio. Houve reclamação de um suposto domínio com o braço, quando Jonathas recebeu o belo passe aéreo de Jadson, reclamações à parte, o gol não alterou o resultado final da justa vitória são-paulina.

Próximos confrontos

Na 15ª rodada, o Flamengo visita o Santos na quarta-feira (25) às 21:45 pelo horário de Brasília, o São Paulo irá até Porto Alegre onde enfrenta o Grêmio, o confronto será quinta-feira (26) às 19:30 pelo horário oficial de Brasília.

COMPARTILHAR

Comentários