*Dois foram presos, um menor apreendido e grande quantidade de drogas e dinheiro foram encontrados na casa

Uma operação conjunta das policias Civil e Militar fechou no bairro Padre Vitor, mais um ponto do tráfico de drogas em Três Pontas, durante a tarde desta sexta-feira (13).

Com mandados de busca e apreensão, as equipes surpreenderam usuários que estavam na rua e dentro de uma residência na Rua Cuiabá. No momento da chegada dos policiais, Gustavo Henrique Serafim de 32 anos tentou fugir, pulou o muro dos fundos, mas, acabou preso. No quintal foi dispensando pedras de crack que estavam com ele.

Raian Silva Pereira de 19 anos foi preso na casa e um menor de 16 foi apreendido. Na mesa da cozinha foram apreendidos, maconha, crack e cocaína prontas para a venda, além de embalagens e uma grande quantidade de dinheiro. Dois pontos chamaram a atenção. Primeiro é que mesmo a luz do dia, usuários fazem o uso de drogas na calçada em frente a residência. Depois, é que os donos do imóvel é um casal de idosos, avó dos suspeitos presos. Eles não se intimidam, fazem a venda das drogas na presença deles.

O local é alvo constante de denúncias e batidas policiais da Polícia Militar e de investigação da Polícia Civil desde o final do ano passado. De acordo com o inspetor Gustavo Felipe Domingos Campos, o suspeito Gustavo Serafim, conhecido por “Gabu” é acusado de aliciar seus primos no tráfico. Havia um grande movimento da venda de drogas, 24 horas por dia.

Drogas, dinheiro e embalagens estavam na mesa da cozinha

Gustavo Serafim e Raian Pereira foram presos. O menor que também é suspeito de participar do tráfico foi apreendido. Os três são primos e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas. Usuários que estavam na porta da casa fazendo o uso de drogas também foram detidos.

Foram apreendidos 108 pedras de crack, 63 papelotes de cocaína, mais 15 porções maiores da mesma droga, 32 buchas de maconha e R$2.230,50 em dinheiro.

O subcomandante da 151ª Companhia de Polícia Militar Tenente Maurício Feliciano Filho, afirma que há uma preocupação com a sociedade ordeira. O tráfico de drogas implica em inúmeras ocorrências de diversos tipos, além do problema da saúde pública, de problemas familiares e pessoais gerados pelo uso da droga. “O tráfico alimenta diversos tipos de crimes como furtos a veículos, transeuntes, comércio e residências, roubo, lesão corporal e ainda alimenta a distribuição de armas para serem utilizadas nos crimes”, destacou Tenente Feliciano.

Gustavo tem passagem por roubo

Gustavo Serafim é um velho conhecido da polícia, possui uma extensa ficha criminal e já cumpriu pena no Presídio de Três Pontas. Em dezembro de 2013, ele participou de um assalto a residência de um dono de supermercado na cidade.

O empresário foi rendido quando chegava em casa por três homens. A vítima reagiu e acabou levando uma facada. Mesmo assim foi levado para dentro de casa onde os bandidos encontraram uma sacola com cerca de R$20 mil. Gustavo e seus comparsas foram presos na estrada que liga Três Pontas a Carmo da Cachoeira.

COMPARTILHAR

Comentários