*Para investigação da Polícia Civil ser bem sucedida, é fundamental que vítimas registrem IMEI’s nos boletins de ocorrências

A Polícia Civil de Três Pontas continua desencadeando a Operação “Fim da Linha”, no combate aos furtos, roubos e receptação de aparelhos celulares e desestimulando a compra sem procedência.

A Operação começou em maio deste ano e como já anunciado, será permanente na cidade, onde o número de crimes registrados é grande.

Através das investigações, quebra, cruzamento dos dados cadastrais e pesquisas, a Polícia Civil está conseguindo chegar até quem está utilizando estes aparelhos, os chamados receptadores, que também respondem por crime.

A Polícia Civil informa que é fundamental que as vítimas registrem no boletim de ocorrências além dos dados do aparelho, o IMEI, que é uma espécie de chassi do aparelho, uma numeração única que todo telefone possui.

A orientação da PC é que as pessoas tenham esta numeração guardada, pois ela se tornou fundamental não apenas para a garantia, caso que o aparelho apresente algum problema, mas também para a polícia.

Em maio, em um único dia, foram recuperados mais de 10 aparelhos, que foram encontrados em Três Pontas e também em outras cidades do Estado. Nesta semana, mais cinco celulares foram recuperados e serão restituídos às vítimas.

COMPARTILHAR

Comentários