Os pacientes que estão sob os cuidados médicos no Hospital São Francisco de Assis de Três Pontas, ganham um reforço importante em seus tratamentos. Eles estão recebendo uma boa dose de irreverência, levada pelo Projeto Doutores da Alegria. A missão do grupo, liderado pelo ator Robson Sebastian, é transformar a dor e a tristeza em sorriso e diversão, proporcionando momentos de descontração para os hospitalizados, familiares e funcionários que trabalham na Santa Casa.

O trabalho começou a ser realizado no mês passado, de forma voluntária, por Adriano Carlos Mesquita, Eliana Marcelino de Freitas, Aline das Graças Pires, Mateus Silva Feliciano, de forma voluntária. Eles se vestem de personagens cirsenses, formam dois casais e um médico louco e fazem as visitas uma vez por semana, sempre aos sábados. “Nosso objetivo é doar nosso tempo encenando esquetes humoradas, brincadeiras com
os pacientes e familiares, além de levar canções e contar muitas histórias e piadas. Estamos aqui para ajudar na recuperação e autoestima dos pacientes através da música, de uma palavra ou de um sorriso. Trabalhamos com muita responsabilidade para que a visita seja uma experiência artística que inspire otimismo e esperança. Sentimos um ambiente agradável, e os pacientes aproveitam nossa visita para descontrair e até cantar. Se a gente fizer alguém rir de nossas palhaçadas, nossa missão está cumprida”, explica Robson Sebastian (foto)

Na opinião do ator, todos devem fazer a sua parte para ajudar o Hospital de Três Pontas. Por isto, além disso, eles estão pedindo que os trespontanos ajudem a Santa Casa, contribuindo através das contas de água do SAAE e adquirindo o Cartão Saúde, que garante desconto em serviços de saúde e estabelecimentos comerciais.

COMPARTILHAR

Comentários