Por Geovani Scalioni – Contador

Assim como qualquer empreendedor, o produtor rural também deve ter uma garantia de seus serviços, e para isso ele conta com a Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural. Esta nota possui algumas implicações e também benefícios diretos de segurança para os produtores rurais.

Antes de existir a Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural, o que estava em seu lugar era a Nota Fiscal do produtor do modelo 4. Esta nota era emitida antes que o produto fosse sair do estabelecimento e também antes que os mesmos forem transmitidos realmente ou até mesmo simbolicamente.

Esta nota tinha tanto implicações internas, como também outras influências externas. Porém, foi notado que as mercadorias possuem mais necessidades que somente a Nota Fiscal do produtor do modelo 4 não teria a capacidade de suprir, e por isso a precisão de fazer um novo modelo de nota fiscal.

O novo modelo da nota fiscal pode ser emitido diretamente na SEFAZ, porém existem ainda algumas coisas que é importante que você saiba sobre este assunto. Por isso, ao longo deste artigo você irá entender um pouco mais sobre qual é o funcionamento da Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural.

Saiba o que implica na Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural

Na verdade, esta Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural já está em vigor desde janeiro de 2014, entretanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre alguns fatos sobre ela. Portanto, para que você saiba totalmente o que envolve este assunto, confira o conteúdo que preparamos logo a seguir:

*Onde emitir:

Quando falamos da emissão na SEFAZ, estamos nos referindo especificamente ao portal online. Se você não tiver acesso à internet em sua residência, precisa procurar algum local que te ofereça este serviço o quanto antes possível, para que isso seja feito antes de o produto sair.

* Tributação:

Para as operações que forem feitas com o pagamento com tributação, não é possível realizá-las sem a emissão da Nota Fiscal Avulsa. E então, o pagamento é feito em qualquer agência do Banco do Brasil e poucos minutos depois já é transferido para a conta da SEFAZ.

Se for o caso de precisar pagar o DARE em outras agências bancárias, é preciso que a mercadoria saia com antecedência, pois o problema pode estar no tempo de espera da emissão da Nota Fiscal Avulsa, e isso pode acarretar em uma espera de quase um dia inteiro.

*Como fazer:

É muito simples para fazer a emissão da Nota Fiscal Avulsa. Você pode encontrar esta nota fiscal para fazer a sua compra em qualquer papelaria. Logo depois é somente preencher esta nota fiscal. A seguir, é só se dirigir até a Agência da Receita Estadual.

Esta é uma maneira para fazer isso manualmente, isto é, pois os novos meios são feitos através da internet. Porém, deste modo o processo é mais demorado e exige que se tenha mais concentração, pois a probabilidade de errar, o que não é viável, é muito maior.

*Emita a Nota Fiscal

Para o produtor rural é essencial que faça a emissão da Nota Fiscal Avulsa, pois este é um método de garantir com segurança que as suas mercadorias tiveram o procedimento do qual você está falando. Portanto, não perca esta chance de comprovar legalmente a veracidade de suas vendas. Além das informações aqui e de extrema importância que conte com o apoio de uma contabilidade especializada no setor agrícola ira lhe proporcionar uma orientação e realizar um acompanhamento neste e em outros procedimentos.

Se você gostou de saber sobre a Nota Fiscal Avulsa do Produtor Rural, não se esqueça ainda que você pode compartilhar estas informações com todos os seus amigos, e em suas redes sociais para que eles também fiquem sabendo disso.

Fonte: http://www.scalioni.com.br/

Nosso canal no Youtube

COMPARTILHAR

Comentários