Milhares de romeiros participaram nesta sexta-feira (23) das celebrações dos 111 anos de morte do Beato Padre Victor em Três Pontas. A festa acontece a poucos dias dos católicos relembrarem um ano de sua beatificação feita pelo Papa Francisco, no dia 14 de novembro.

A programação foi aberta ainda durante a madrugada, com a Procissão da Penitência organizada pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida. O percurso realizado por milhares de trespontanos, até a Capela do Padre Victor na Faxina, terminou com uma missa solene celebrada pelo Bispo Emérito da Diocese da Campanha, Dom Diamantino Prata de Carvalho. Enquanto isto, na Praça Cônego Victor, a Corporação Musical Luiz Antônio Ribeiro, repetiu

A sombrinha foi um acessório muito usado, principalmente na fila para visitar o altar de Padre Victor
A sombrinha foi um acessório muito usado, principalmente na fila para visitar o altar de Padre Victor

uma tradição que perdura há décadas, a Alvorada Festiva.

Na primeira missa celebrada as 5:00 da manhã, na Matriz Nossa Senhora D’Ajuda, onde estão os restos mortais do Beato, a igreja já estava cheia. Ao todo só na Matriz foram 9 celebrações, uma delas transmitida ao vivo para todo o Brasil pela Rede Vida. Na Mina do Padre Victor, as 9 horas, foi celebrada missa com a participação do Grupo Afro Trespontano e em seguida, a peça teatral do Grupo Padre Victor, mostrou trechos inéditos da vida do sacerdote que dedicou 53 anos de sua vida aos católicos do Município. Uma novidade foi a missa presidida no Cemitério Municipal as 8 horas. Muita gente de fora, aproveita a vinda na Terra de Padre Victor para visitar entes queridos, por isto, a organização inseriu uma celebração no local.

dsc01038Gente de várias partes do Brasil, de todas as idades, aportou em Três Pontas para pedir bênçãos e agradecer por graças alcançadas. A fila para passar em frente ao altar do Beato Padre Victor, ficou enorme durante todo o dia.

Uma mudança na estrutura foi a instalação de uma tenda enorme em frente a igreja. Ela abrigou os devotos e romeiros que enfrentaram um sol muito forte neste feriado em Três Pontas. As barracas que servem café e água de graça funcionaram bem. Os visitantes aproveitaram para registrar as graças alcançadas por intermédio de Francisco de Paula Victor, já que para ser canonizado, é necessário a constatação de mais um milagre.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 20 mil pessoas passaram pelo Município, desde a madrugada do dia 22 para o dia 23 e durante todo o dia.

Neste sábado e domingo (24 e 25), a Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda preparou horários especiais de celebrações, com a participação das Foranias da Diocese da Campanha. Hoje já foram celebradas missas as 7 e as 9 horas. Depois ainda tem as 11:00, 13:00, 15:00 e 18:30. No domingo os horários são os de costume 7:00, 9:00, 10:30, 17:00 e 19:00 horas.

Comentários