• Estudantes irão debater no próximo ano, a violência contra a mulher

A violência contra a mulher, é o tema que os estudantes de escolas públicas e privadas vão debater, discutir e elaborar propostas de leis às esferas regional e estadual, do Parlamento Jovem (PJ) em 2018. O anúncio foi feito pelo presidente da Escola do Legislativo Maria Rogéria de Mesquita “Dona Rogéria”, o vereador Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), durante a cerimônia de entrega dos certificados e encerramento das atividades, na noite desta quarta-feira (22). O tema do Parlamento Jovem Minas de Três Pontas, edição 2017 foi “Educação Política nas Escolas”. A solenidade ocorreu no Plenário da Câmara de Vereadores de Três Pontas “Presidente Tancredo de Almeida Neves” e contou com a presença dos 26 adolescentes e jovens que integraram o Projeto durante todo o ano.

Pouquíssimos vereadores prestigiaram. Além de Maycon que presidiu a sessão, apenas o vice presidente Benício Baldansi (PSL) e Marlene Rosa Lima Oliveira (PDT). Para a bancada, foram convidados o prefeito Dr. Luiz Roberto Laurindo Dias (PSD), o vice Marcelo Chaves Garcia (PMDB), o assessor do deputado estadual Carlos Pimenta (PDT), Daniel Bedani, os diretores, professores e representantes de todas as escolas do Município, além do secretário municipal de Educação Paulo Vitor da Silva. Os mais aplaudidos foram os membros da direção da Escola do Legislativo, Maycon Machado, o diretor Dr. Guilherme Ribeiro, o coordenador Carlos Castro e a ex vereadora e fundadora da Escola em Três Pontas, Valéria Evangelista Oliveira. Apesar de não ter mandato, a professora contribui com o Parlamento e ainda é referência aos estudantes.

Com a euforia e o jeito jovem de serem, as tiradas dos estudantes mudou um pouco da formalidade do ato e ao receberem os certificados não faltaram brincadeiras, mesmo quando eram os profissionais dos estabelecimentos educacionais chamados à frente. Apoiadores também tiveram o trabalho reconhecidos – entre eles o prefeito Luiz Roberto, o vice Marcelo Chaves, o secretário de Educação Paulo Vitor, a professora Valéria Evangelista e os monitores que ano passado eram alunos do PJ.

As propostas que foram elaboradas por eles foram entregues aos Poderes Executivo e Legislativo, na expectativa de que um projeto de lei possa ser confeccionado para o desenvolvimento sociocultural do município com propostas que certamente irão colaborar com o desenvolvimento da cidade de região.

Como o presidente da Câmara Municipal Luis Carlos da Silva (PPS), está em viagem, o vice Benício Baldansi recebeu as sugestões em nome do Poder Legislativo. As propostas foram entregues ao prefeito Luiz Roberto pelo aluno Jonatas César e para Benício o documento foi pelas mãos de Romário Bruno Marques da Silva.

Para o Chefe do Executivo, Dr. Luiz Roberto, os jovens precisam ter conhecimento político para não seguir exemplos, como no Rio de Janeiro, sua terra natal, onde tudo está um caos. Com o Parlamento Jovem, os estudantes conhecem as formas de contribuir com a cidade e como tudo começa, com o objetivo de mudar a história. O prefeito terminou parabenizando Maycon e depois a idealizadora da Escola do Legislativo, a ex vereadora Valerinha.

O vice presidente da Câmara Benício Baldansi lembrou da turma que integrou o Interact e está no PJ e parabenizou a juventude que pensa no futuro de cada um e da cidade.

O coordenador Carlos Castro destacou o trabalho em equipe e a interação durante os encontros. Talvez seja por isto, que eles foram tão aplaudidos e chamaram tanta a atenção na Plenária Municipal e estadual em Belo Horizonte, inclusive de deputados e especialistas da PUC-MG.

O Prefeito Luiz Roberto, o presidente Macyon Machado e o diretor Guilherme Ribeiro, assessor

O presidente Maycon Machado enfatizou o apoio que recebeu de alguns colegas, empresas, voluntários, monitores e palestrantes, mas aproveitou para pedir um apoio maior. Aos seus “alunos”, disse que as ações que eles debateram podem deixar de ser sonho e na prática mudar a realidade de cada um. O grande desafio para o próximo ano, é fazer o Parlamento crescer, adiantou Maycon Machado.

Parlamento Jovem

DEPOIMENTOS

Graziele de Moura Chaves – 18 anos – Aluna da Escola Estadual Marieta Castro

O Parlamento Jovem abriu a minha mente. As pessoas criticam a política sem saber. Aqui conhecemos o que é a política na prática. O PJ traz conhecimentos que fazem a diferença. A gente faz amigos que vão seguir para a vida inteira. Estou no meu último ano aqui, mas vou continuar como monitora.

Laura Helena Pessi Oliveira – 15 anos – Escola Coração de Jesus

Com o Parlamento Jovem, a gente conhece que a política não se resume a Eleição a cada dois anos. A gente entra aqui pensando que sabe tudo, mas descobre que tem muito a aprender. Nos nossos encontros aprendemos a ser cidadãos, instrumentos de mudanças. Somos e formamos uma família.

 

PJ Minas

O Parlamento Jovem de Minas é um Projeto realizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), pela PUC-Minas e pelas Câmaras Municipais em parceria com as Escolas dos Legislativos e instituições de ensino; que tem como objetivo a formação política e cidadã de jovens estudantes dos ensinos médio, contribuindo para o interesse e participação democrática no Município e no Estado.

Em 2015, o PJ trabalhou o tema “Segurança Pública e Direitos Humanos”; em 2016 o tema foi “Mobilidade Urbana”. Após a fase regional, se encontraram na plenária estadual, realizada no plenário da ALMG em Belo Horizonte. Na oportunidade, foram escolhidas as principais propostas levantadas pelos participantes. Elas farão parte do documento final que será entregue à Comissão de Participação Popular da Assembleia podendo até mesmo alterar atuais leis ou gerar novas leis sobre o assunto.

O prefeito e vice Luiz Roberto e Marcelo receberam o diploma de apoiadores da Escola do Legislativo

 

COMPARTILHAR

Comentários