A Polícia Militar conseguiu apreender dois revólveres, um de fabricação artesanal e outro calibre 22, com munições.

A PM foi até a residência de um suspeito de ter participado de um roubo no Dia do Padre Victor, dia 23 de setembro. O crime teria sido cometido por três rapazes, mas o que estava com a arma no dia não foi localizado. No bairro Vila Rica, o jovem Igor Gualberto Pedro de 19 anos foi encontrado em casa, mas a arma já não estava mais com ele. Estaria com um amigo, na Fazenda São Sebastião. Os militares deslocaram até lá e na cabeceira da cama encontraram uma arma de fabricação artesanal, mas bem parecida com um revólver de verdade.

Igor foi preso e levado para a Delegacia suspeito de participar de um roubo no Dia do Padre Victor
Igor foi preso e levado para a Delegacia suspeito de participar de um roubo no Dia do Padre Victor

Mas o caso não para por ai. Esta não era a arma usada no roubo. Ela já estaria com um menor de 13 anos que mora no bairro Antônio de Brito. As guarnições deslocaram até o endereço, mas o menor não estava. Durante as buscas, o adolescente estava próximo da Rua José Delfino e quando percebeu a chegada das viaturas jogou uma bolsa que ele carregava no mato. Nela estava um revólver calibre 22 com capacidade para 7 tiros e 13 munições intactas. Este menor já havia sido apreendido com uma garrucha. Igor Gualberto foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e o menor apreendido, juntamente com as armas.

COMPARTILHAR

Comentários