Operação ambiental de combate a caça de animais e pesca predatória em Três Pontas resulta na apreensão de arma de fogo, munições e petrechos de pesca

Uma operação desencadeada nesta sexta-feira (22), pelo 4º Pelotão de Meio Ambiente de Varginha, da 6ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito, mobilizou 8 policiais militares, três viaturas e uma embarcação e resultou em diversos materiais apreendidos e multas aplicadas.

O objetivo da operação era combater a caça de animais silvestres, bem como de prevenção e repressão à pesca predatória na zona rural de Três Pontas.

Foram abordados diversos pescadores e vistoriados veículos nas estradas vicinais da região e margens do Lago de Furnas, com intuito de inibir a prática de crimes e infrações ambientais contra a fauna terrestre e ictiológica. Diversas redes de pesca, tarrafa, munições e até uma arma de fogo, tipo espingarda foram apreendidas. Além de gerar autos de infração que ultrapassa R$2,7 mil.

A Polícia Militar de Meio Ambiente informa a população que esta foi apenas uma das ações e operações executadas com intuito de proteger e conservar os recursos naturais e seres vivos. A PM ainda orienta que caçar animais silvestres brasileiros, bem como pescar em período proibido “Piracema” é crime ambiental, sujeitando o responsável a multa e prisão. (Fotos: PM do Meio Ambiente)

Pesca 2

COMPARTILHAR

Comentários