Estabelecimento anexo a posto de combustível localizado as margens da MG 167 o alvo. Dupla assaltou e casal de Santana é acusado de dar cobertura na fuga

A união de esforços da Polícia Militar de Santana da Vargem, com apoio de viaturas do Tático Móvel, Canil de Varginha e homens de Três Pontas acabou culminando com a prisão de 4 pessoas acusadas de assaltarem no início da noite deste sábado (08), o restaurante de um posto de gasolina, localizado na MG 167 em Santana da Vargem. Segundo a PM, dois rapazes chegaram em uma moto, abordaram a atendente, sendo que um estava armado com um revólver calibre 32, anunciaram o assalto e levaram aproximadamente R$300 que estavam no caixa e alguns maços de cigarros.

Na fuga eles pegaram a rodovia sentido Três Pontas e entraram em uma estrada vicinal próximo ao trevo do município. Durante as buscas, um deles foi surpreendido pela equipe do Canil quando saia do matagal. Alexsandro Damásio Paulo de 20 anos é natural de São Paulo, mas estava passeando em Santana. Um casal que deu apoio em um veículo Gol também foi encontrado. Daniel Francisco Pedro de 24 anos e a namorada dele de 17, que são de Santana da Vargem teriam ido levar combustível para a motocicleta da dupla depois do crime. Daniel nega participação no assalto. Ele afirmou que teria recebido mensagens no celular pedindo ajuda e não sabia do que se tratava, quando eles chegaram foram presos.

DSC00221

As buscas se estenderam durante boa parte da madrugada, até que Diego Galdino de Souza de 20 anos foi preso também na zona rural. Ele disse que assaltou apenas para abastecer a moto para voltarem para Três Pontas onde ele mora, mas é natural de Osasco (SP). Sobre a arma que não foi encontrada, ele disse que sempre andam armados. O dinheiro foi recuperado e os veículos apreendidos. Os três rapazes foram presos em flagrante, a menor apreendida e todos foram levados para a Delegacia de Policia Civil de Varginha.

O posto de combustível onde fica este restaurante foi assaltado no dia 22 de janeiro, quando dois rapazes também usando uma motocicleta e armados levaram dos frentistas cerca de R$480. Neste caso ninguém foi preso. A Polícia Civil vai investigar se há ligação nos crimes.

Diego Galdino foi o último a ser preso. Ele é de SP mas estava morando em Três Pontas
Diego Galdino foi o último a ser preso. Ele é de SP mas estava morando em Três Pontas
COMPARTILHAR

Comentários